ASSINE

Ministério da Economia abre seleção com 590 vagas e salário de até R$ 6 mil

Oportunidades são para cargos de níveis médio/técnico e superior; interessados podem se inscrever a partir desta segunda-feira (8) até 14 de março

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 08/02/2021 às 12h22
Atualizado em 08/02/2021 às 12h22
Fachada do Ministério da economia na Esplanada dos Ministérios
Fachada do Ministério da economia na Esplanada dos Ministérios. Crédito: Marcello Casal JrAgência Brasil

O Ministério da Economia vai abrir processo seletivo simplificado para preencher 590 vagas, sendo 100 imediatas e 490 para formação de cadastro de reserva. A remuneração pode chegar a R$ 6,1 mil mensais. Os selecionados vão atuar em Brasília e os contratos terão duração de um ano, podendo ser prorrogado por até cinco anos. A carga horária é de 40 horas semanais.

O edital de abertura da seleção foi publicado nesta segunda-feira (8) no Diário Oficial da União. Os cargos de nível médio/técnico podem ser disputados por profissionais com formação em Administração, Contabilidade ou Informática. A oferta é de oito vagas imediatas e 52 para cadastro de reserva. O salário é de R$ 1.700.

Já os cargos de nível superior são destinados a graduados em Administração, Economia, Contabilidade ou Direito. Neste caso, são quatro oportunidades, mais 36 para cadastro. A remuneração da carreira é de R$ 6.130.

Há ainda chances para carreiras de atividades técnicas de suporte I, com 48 imediatas e 202 para cadastro, e atividades técnicas de suporte II, com 40 e 200, respectivamente. A formação exigida é ter nível superior em qualquer área. O salário é de R$ 3.800.

Os interessados poderão se inscrever a partir das 14 horas desta segunda-feira (8) até as 23h59 do dia 14 de março, no site do Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (Idib). A taxa de participação para os cargos de nível médio é de R$ 36 e para os de nível superior de R$ 38.

A seleção contará com provas objetivas, que serão aplicadas no dia 11 de abril, em Brasília. Os candidatos terão quatro horas para responder 60 questões de múltipla escolha.

Os participantes serão submetidos à avaliação de títulos. O envio da documentação está marcado para o período de 10 a 13 de maio. Os candidatos poderão apresentar comprovantes de experiência profissional e cursos de especialização, mestrado e doutorado.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.