ASSINE

Dicas de como se comportar socialmente na pandemia

A pandemia mudou o nosso código de relacionamento, mas não pode levar embora a gentileza e a elegância no convívio entre as pessoas

Publicado em 11/12/2020 às 05h00
Atualizado em 11/12/2020 às 05h03
Gentilieza na pandemia
Um gesto e um olhar podem dizer muita coisa . Crédito: Shutterstock

Estamos vivendo tempos novos e desafiadores. A pandemia mudou o nosso código de relacionamento, mas não pode levar embora a gentileza e a elegância no convívio entre as pessoas. Seguem aqui algumas dicas de novos comportamentos para esta época:

O aperto de mão, o abraço e os beijinhos podem ser substituídos por palavras: “Que alegria te ver”; “Muito bom estar com você. Senti saudades” ou “Sinta-se abraçada”.

Se alguém lhe estender a mão, não fique constrangido. Diga simplesmente: “Adoraria apertar a sua mão”. Assim, o tom de voz demonstra o sentimento.

Não fique constrangido caso você seja a única pessoa do grupo a usar máscara. E, se alguém disser que você está exagerando, simplesmente concorde. Nada de ficar chateado ou entrar em confronto. Use alguma frase do tipo: “Sim, tenho medo desse vírus” ou “É verdade, eu tenho que manter contato com os meus pais e não quero transmitir o vírus para eles”.

Se a pessoa tiver um pouco de bom senso, o assunto será finalizado.

Até a próxima!

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.