ASSINE

Poeira do Saara atravessa o oceano Atlântico e chega ao Brasil

Partículas que já chegaram ao Amapá favorecem chuvas e raios e colaboram com a fertilidade do solo da Amazônia. Fenômeno é comum, segundo Climatempo

Tempo de leitura: 2min
Publicado em 10/03/2022 às 15h09

Após viajarem milhares de quilômetros pelo ar, poeiras provenientes do deserto do Saara, na África, chegaram ao Brasil. A travessia pelo Oceano Atlântico começou na semana passada e, por enquanto, as partículas atingem o Amapá. No entanto, a previsão é que elas também alcancem outros Estados das regiões Norte e Nordeste do país na próxima semana.

O Saara é o maior deserto do mundo e fica na região Norte da África
O Saara é o maior deserto do mundo e fica na região Norte da África. Crédito: Freepik

Apesar de esse cenário poder passar uma má impressão à primeira vista, o fenômeno é comum e acontece várias vezes durante o ano. Aos curiosos, vale esclarecer que a poeira não costuma ser vista caindo do céu ou soprada pelo vento de forma a diminuir a visibilidade ou encobrir objetos.

De acordo com informações divulgadas pela Climatempo nesta quinta-feira (10), a poeira do Saara colabora para que as chuvas sejam mais volumosas e os raios mais frequentes no Norte do Brasil. Além de trazer importantes nutrientes (como o fósforo) para a Amazônia, colaborando para a fertilidade do solo.

A Nasa – agência aeroespacial dos Estados Unidos – já fez um vídeo explicando esse processo. Confira:

As toneladas de partículas chegam à América do Sul graças aos ventos alísios e um posicionamento favorável da Zona de Convergência Intertropical nesta época do ano. Segundo a empresa de meteorologia, o fenômeno atinge o país com mais frequência entre os meses de janeiro e maio.

Ao longo da próxima semana, a poeira do Saara deve chegar a seis Estados brasileiros: RoraimaParáMaranhãoPiauíCeará e Rio Grande do Norte. Atualmente, a maior concentração dela se dá em alguns países da África e do Oriente Médio, como Egito, Iraque, Nigéria, Chade e Níger.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.