ASSINE

Lewandowski dá prazo de 48 horas para Saúde informar data de vacinação contra a Covid

Ministro do STF solicitou informação para o Ministério da Saúde sobre a data de início e de término do plano de vacinação da população contra a Covid-19

Publicado em 13/12/2020 às 18h06
Atualizado em 13/12/2020 às 18h06
Ministro Ricardo Lewandowski
Ministro Ricardo Lewandowski pede informação sobre plano de vacinação. Crédito: Carlos Moura/ SCO/ STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski deu, neste domingo (13), prazo de 48 horas para que o Ministério da Saúde informe uma data de início e de término de seu plano de vacinação da população contra a Covid-19.

"Intime-se o Senhor Ministro de Estado da Saúde para que esclareça, em 48 (quarenta e oito) horas, qual a previsão de início e término do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid - 19, inclusive de suas distintas fases", escreveu o ministro em seu despacho, endereçado também à Advogacia-Geral da União.

No sábado, o STF divulgou ter recebido um plano de vacinação do governo, mas o documento não apresenta prazo de início e término. A Saúde diz que isso só será possível após aprovação de alguma vacina pela Anvisa.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.