Bolsonaro: Coronavírus não passa em lotérica porque vidro é blindado

"Inclusive, o cara que trabalha na lotérica tem um vidro blindado. Não vai passar o vírus ali", afirmou. Presidente decretou que estabelecimentos são essenciais

Publicado em 26/03/2020 às 21h54
Jair Bolsonaro durante transmissão ao vivo no Facebook
Jair Bolsonaro durante transmissão ao vivo no Facebook. Crédito: Reprodução/Facebook

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) já garantiu, via decreto, o funcionamento das casas lotéricas durante a pandemia de coronavírus. Considera o serviço essencial. Nesta quinta-feira (26), durante transmissão ao vivo no Facebook, no entanto, ele deu uma justificativa, no mínimo, curiosa:

Jair Bolsonaro (sem partido)

Presidente da República

"Acreditem, 2.463 casas lotéricas, 2.500 casas lotéricas, estavam fechadas. Por decretos de alguns governadores ou prefeitos. Eu não estou criticando governador ou prefeito. Agora, pelo amor de Deus, fechar casa lotérica? Pelo amor de Deus, fechar casa lotérica... Inclusive, o cara que trabalha na lotérica tem um vidro blindado. Não vai passar o vírus ali. O vidro é blindado, não vai passar, ele trabalha no lado de cá"

Bolsonaro acrescentou que com o fechamento das lotéricas muitas pessoas teriam que pagar contas em agências de bancos, causando aglomerações, que são desaconselhadas para evitar a disseminação do coronavírus.

"Imagina se todo mundo fosse para a agência da Caixa, ia ter um ajuntamento enorme de gente, exatamente na contramão daquilo que a gente prega, evitar o ajuntamento", afirmou.

Também presente na transmissão, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse que as lotéricas são "espinha dorsal" do banco e serão importantes inclusive para o pagamento do vale de R$ 600 que o governo pretende destinar a trabalhadores informais.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.