ASSINE

Saiba o que é pobreza menstrual e como ela afeta a vida das mulheres

Situação não é nova e afeta a saúde de mulheres sem acesso a condições básicas de higiene; combater o problema requer políticas públicas

Vitória
Publicado em 21/10/2021 às 19h23

A pobreza menstrual é o nome dado à falta de acesso de meninas, mulheres e homens trans a recursos básicos para manter a higiene no período menstrual. O problema vai além do que não ter dinheiro para comprar um absorvente e inclui a falta de saneamento básico e água, por exemplo, para tomar um banho.

O termo não é novo, mas voltou a ser discutido após o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vetar um trecho de um projeto que previa a distribuição de absorventes a mulheres de baixa renda.

De acordo com dados do movimento Girl Up, uma a cada quatro meninas brasileiras não tem acesso a um absorvente e, por isso, falta às aulas quando está menstruada. 

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.