ASSINE

Skincare na barriga: cuidados recomendados durante a gestação

Os cuidados com a pele na região do abdômen durante a gravidez vêm ganhando cada vez mais adeptas e promete diminuir problemas futuros, como o aparecimento de estrias no pós-parto

Vitória
Publicado em 17/11/2020 às 05h00
Atualizado em 17/11/2020 às 05h01
Grávida hidratando barriga
Escolher os produtos certos e aliar a alimentação com o cuidado local estão entre as recomendações. Crédito: Shutterstock

O hábito de ter uma rotina de cuidados com a pele vem se tornando cada vez mais comum e a novidade é que agora as gravidinhas também são adeptas do skincare, mas na região da barriga. O motivo é promover a hidratação da área e tentar evitar ou diminuir o aparecimento de estrias comuns durante a gestação e no período pós-parto.

Ana Beatriz Pestana está com 28 semanas de gestação. Ela conta que usa bastante creme hidratante e também é adepta de óleos para evitar as estrias, principalmente nos dias em que o esticamento da pele causa coceira. “Além disso, nos momentos em que fico exposta ao sol, utilizo uma quantidade generosa de protetor solar. No mais, procuro ingerir bastante água também, colabora muito”, complementa.

A gestante lamenta que não recebeu nenhuma orientação relacionada a esses cuidados por parte dos especialistas durante o acompanhamento da gestação. “As informações que tenho foram obtidas somente através de pessoas que já foram mamães e buscando na internet”, acrescenta a gestante.

Ana Beatriz Pestana
Ana Beatriz Pestana apostou em cremes e óleos para cuidar da pele nesse período. Crédito: Arquivo pessoal

Cuidados recomendados

Ana Beatriz está no caminho certo. A dermatologista Oliete Guerra explica que durante o período de gestação, hidratar a região da barriga é indispensável. “Hidratação é o principal cuidado e precisa ser realizado pelo menos duas vezes ao dia. Além do abdômen, a região da mama também não pode ser esquecida”, destaca a médica.

Oliete também salienta a importância de evitar exageros na higiene da região. “Algumas grávidas acham que tem que lavar bastante, passar buchas e isso é um grande engano. O ideal é lavar o normal, como antes da gestação, sem excessos”, pontua.

Oliete Guerra

Dermatologista

" Existem cremes próprios para a gestante. Isso porque, durante a gestação, algumas substâncias, como a ureia, devem ser evitadas"

Outro cuidado importante é estar atenta a escolha dos cremes. “Hoje em dia, existem cremes próprios para a gestante. Isso porque, durante a gestação, algumas substâncias, como a ureia, devem ser evitadas”, afirma Oliete.

Orientação  profissional

Contar com a ajuda de um dermatologista também pode evitar danos. A frequência ideal é de duas vezes durante o período gestacional, a primeira deve ser feita logo no começo da gravidez para receber todas as orientações necessárias.

“A segunda já é mais perto do fim da gestação, para saber quais são as recomendações para o pós-parto, porque inclusive quando aparecem muitas estrias no abdômen, se nós começamos a tratar logo após o parto, entre 15 e 20 dias, existe a chance de elas regredirem. Quando as estrias ainda estão avermelhadas é mais fácil pra tratar”, completa a dermatologista.

“Mantendo estes cuidados, a gestante reduz a chance do aparecimento de estrias. Porém, não adianta hidratar bastante e ganhar muito peso, então a alimentação deve estar aliada ao cuidado local”, finaliza.

Saúde Beleza gravidez

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.