ASSINE

Confira os benefícios da vitamina C para a saúde e beleza da pele

A vitamina C é a queridinha dos dermatologistas por suas multifuncionalidades na pele. Especialistas explicam as diferenças do uso tópico e oral

Publicado em 17/08/2020 às 15h48
Atualizado em 17/08/2020 às 19h08
Vitamina C
Vitamina C. Crédito: Freepik

Já é de conhecimento dos amantes do cuidado com a pele, os inúmeros benefícios da vitamina C na saúde cutânea. Nos dermocosméticos, o ativo é capaz de prevenir o envelhecimento precoce e potencializar a proteção solar. Na alimentação, essa substância ajuda o sistema imunológico a combater possíveis ameaças, atuando diretamente na proteção do nosso corpo.

A dermatologista Juliana Drumond afirma que a vitamina C é um ótimo antioxidante e um ingrediente fundamental na formação de novas fibras colágenas do nosso organismo, atenuando as temidas linhas finas. “Hidrata a pele, ajuda na prevenção do envelhecimento deixando a pele mais firme e ainda pode ser usado no sol”, completa.

Juliana também desmistifica a relação entre a vitamina C e o aparecimento de acne em alguns tipos de pele. Segundo ela, a causa para esse desconforto é a textura do dermocosmético, que deve ser compatível com as particularidades de cada cútis. “A apresentação da vitamina C pode ser em sérum, creme, gel e espuma. Cada uma dessas maneiras pode ser mais oleosa ou seca, então temos que individualizar para o paciente e prescrever o tipo que se enquadre melhor com o tipo de pele dele”, explica.

A vitamina C da laranja, limão, acerola, e outras frutas e vegetais é fundamental para o bom funcionamento do organismo humano. Isso porque a substância é benéfica ao sistema imunológico, facilitando a cicatrização dos tecidos, além de melhorar a absorção de ferro pelo nosso corpo.

Segundo a dermatologista e especialista em dermatocosmiatria, Pauline Lyrio, a ingestão do ativo não substitui o seu uso tópico porque a pele não consegue absorver as propriedades antioxidantes da Vitamina C ingerida. “Observou-se, portanto, que os níveis de vitamina C são mais elevados quando aplicados na forma tópica dos dermocosméticos em comparação com os níveis relativos à vitamina C utilizada por via oral”, orienta Pauline.

A médica também acha uma boa ideia aliar a vitamina C dos alimentos ao ativo do dermocosmético, já que essa proposta pode trazer benefícios duplos, tanto à saúde cutânea, quanto ao organismo. “Uma alimentação rica não somente em vitamina C como em outros nutrientes são fundamentais para o equilíbrio de uma pele mais saudável”, finaliza Pauline.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Saúde Beleza Cuidados com Corpo

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.