ASSINE

Recall de Marcas 2021: confira as vencedoras no segmento "concessionária de motocicletas"

Realizado pela Futura Inteligência, levantamento revela as marcas mais lembradas pelo consumidor

Publicado em 17/06/2021 às 00h31
Entre os segmentos pesquisados no Recall de Marcas 2021 está o de concessionária de motocicletas.
Entre os segmentos pesquisados no Recall de Marcas 2021 está o de concessionária de motocicletas. Crédito: Djordje Petrovic/Pexels

Para muitas pessoas, comprar uma moto é sinal de liberdade. Para que a realização deste sonho não se torne uma grande dor de cabeça, porém, é fundamental escolher uma concessionária de referência.

Este foi um dos segmentos avaliados no 29º Recall de Marcas Rede Gazeta. A pesquisa é realizada pela Futura Inteligência, empresa especializada em levantamentos no Espírito Santo. Foram entrevistadas 2,4 mil pessoas na Grande Vitória (Vitória, Serra, Cariacica e Vila Velha).

Veja as vencedoras neste segmento na pesquisa do Recall de Marcas 2021:

  1. 01

    1º lugar - Honda

    Com um programa de pesquisa e desenvolvimento contínuo, a Honda trabalha para trazer inovações capazes de melhorar e facilitar a vida das pessoas. Em todos os avanços tecnológicos, a empresa busca formas sustentáveis e cada vez menos poluentes ao meio ambiente.

  2. 02

    2º lugar - Yamaha

    Quando a Yamaha surgiu no Japão em 1955, já existiam mais de 100 fabricantes de motocicletas no país. Isso motivou o fundador, Genichi Kawakami, a querer construir as melhores motos, com os preceitos de qualidade e inovação pulsando na alma para melhor satisfazer o consumidor. Com este espírito de melhoria contínua a Yamaha chegou ao Brasil em 1970, como a primeira fabricante de motocicletas do país.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Recall de Marcas Recall de Marcas 2021

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.