ASSINE

Papa Francisco diz que prazer sexual "vem diretamente de Deus"

Comentário faz parte de uma série de entrevistas realizadas para o livro "Terra Futura: conversas com o papa Francisco sobre ecologia integral", de Carlo Petrini

Publicado em 11/09/2020 às 10h16
Papa Francisco realiza celebração diante da imensa praça vazia de São Pedro, no Vaticano, nesta sexta-feira, 27.
Papa Francisco classifica os os prazeres culinário e sexual como algo “simplesmente divino”. Crédito: Vaticano

Em entrevista para um livro publicado na quarta-feira (9), na Itália, o Papa Francisco classificou os prazeres culinário e sexual como algo “simplesmente divino”. Além disso, acrescentou que “o prazer sexual vem de Deus, e os cristãos devem aproveitá-lo. Assim como comida boa”. As informações foram divulgadas pelo jornal Metrópoles.

O livro "Terra Futura: conversas com o papa Francisco sobre ecologia integral", de Carlo Petrini, registra diversas entrevistas realizadas com a santidade. Dentre as declarações, o papa afirma que “a Igreja Católica condenou os prazeres desumanos, grosseiros, vulgares, mas, por outro lado, sempre aceitou os prazeres humanos, sóbrios, morais”.

Ainda sobre o prazer, o religioso considera que "vem diretamente de Deus, não é católico, nem cristão, nem nada parecido, é simplesmente divino”. Por outro lado, ele critica o que define ser uma "moralidade abençoada", isto é, uma rejeição da noção de prazer.

“O prazer de comer serve para manter uma boa saúde, da mesma forma que o prazer sexual serve para embelezar o amor e garantir a continuidade da espécie. O prazer de comer e o prazer sexual vêm de Deus”, afirma o religioso.

Embora a obra já tenha gerado grande repercussão, ainda não há previsão de ser traduzida para o português e ser lançada no Brasil.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Papa Francisco itália itália

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.