ASSINE

Moderna diz que vacina é 95% eficaz em casos graves após 6 meses da 2ª dose

Segundo o estudo publicado pela farmacêutica americana na New England Journal of Medicine, a eficácia geral do imunizante depois de meio ano ficou em 90%

Publicado em 13/04/2021 às 18h41
Atualizado em 13/04/2021 às 18h41
Agência aprova o uso da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Moderna
Em uma atualização sobre sua vacina, a Moderna também disse que já entregou aproximadamente 132 milhões de doses globalmente. . Crédito: Reuters/Folhapress

A Moderna anunciou nesta terça-feira (13), que sua vacina contra a Covid-19 é 95% eficaz em casos graves da doença seis meses após a aplicação da segunda dose. Segundo o estudo publicado pela farmacêutica americana na New England Journal of Medicine, a eficácia geral do imunizante depois de meio ano ficou em 90%.

Em uma atualização sobre sua vacina, a Moderna também disse que já entregou aproximadamente 132 milhões de doses globalmente. "A equipe da Moderna continua a fazer progressos importantes com nossa vacina contra a covid-19", afirmou o CEO da companhia, Stéphane Bancel. "Estamos ansiosos para ter os dados clínicos de nossas candidatas de reforço específicas para variantes do coronavírus, bem como dados clínicos do estudo de fase 2/3 de nossa vacina para covid-19 em adolescentes", acrescentou.

Segundo Bancel, os dados pré-clínicos das vacinas contra as variantes do coronavírus que estão em desenvolvimento "dão confiança" de que é possível conter as novas cepas "de forma proativa". "A Moderna fará quantas atualizações forem necessárias em nossa vacina para Covid-19 até que a pandemia esteja sob controle", prometeu o executivo.

Coronavírus Vacina Mundo Vacinas contra a Covid-19

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.