ASSINE

Pfizer diz que entregará 10% mais doses de vacina do que o previsto nos EUA

De acordo com o executivo, a empresa fornecerá 220 milhões de imunizantes ao governo do presidente dos EUA, Joe Biden, até esta data

Publicado em 13/04/2021 às 17h51
Atualizado em 13/04/2021 às 17h51
O imunizante da Pfizer já recebeu a aprovação definitiva da Anvisa
O imunizante da Pfizer já recebeu a aprovação definitiva da Anvisa. Crédito: Divulgação

O CEO da Pfizer, Albert Bourla, informou nesta terça-feira (13), que a farmacêutica americana aumentou a produção de sua vacina contra a covid-19 e, com isso, poderá entregar aos Estados Unidos 10% mais doses do que o previsto até o final de maio. De acordo com o executivo, a empresa fornecerá 220 milhões de imunizantes ao governo do presidente dos EUA, Joe Biden, até esta data.

Em julho, segundo Bourla, a companhia completará a entrega das 300 milhões de doses da vacina acordadas com a Casa Branca.

"Na luta contra a covid-19, estamos juntos", escreveu o CEO em sua conta oficial no Twitter.

Estados Unidos Estados Unidos Saúde Coronavírus Saúde Mundo Vacinas contra a Covid-19

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.