ASSINE

Biden assegura vacina para todos os americanos, apesar de suspensão da J&J

Em entrevista nesta terça-feira (13), o democrata explicou que há cerca de 600 milhões de doses disponíveis, além dos profiláticos da J&J e da AstraZeneca

Publicado em 13/04/2021 às 16h38
Atualizado em 13/04/2021 às 16h38
O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, discursa durante a cerimônia de sua posse realizada no Capitólio, em Washington (DC), nesta quarta-feira, 20 de janeiro de 2021. Biden se tornou o     46º presidente a assumir o comando do país
O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, discursa durante a cerimônia de sua posse realizada no Capitólio, em Washington (DC), nesta quarta-feira, 20 de janeiro de 2021. Biden se tornou o 46º presidente a assumir o comando do país. Crédito: PATRICK SEMANSKY/ESTADÃO CONTEÚDO

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, assegurou que o governo tem doses suficientes para vacinar toda a população americana, mesmo sem o imunizante da Johnson & Johnson (J&J), após autoridades sanitárias do país recomendarem a suspensão do uso do produto em meio a casos raros de coágulos sanguíneos.

Em entrevista a repórteres no Salão Oval da Casa Branca nesta terça-feira (13), o democrata explicou que há cerca de 600 milhões de doses disponíveis, além dos profiláticos da J&J e da AstraZeneca. "Então, há vacina suficiente que é 100% inquestionável para cada um dos americanos", disse.

Estados Unidos Estados Unidos Joe Biden Vacina Mundo Vacinas contra a Covid-19

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.