ASSINE

Áustria impõe lockdown total por avanço da Covid e quer vacinação obrigatória

O chanceler austríaco, Alexander Schallenberg, disse que haverá uma "exigência" de ser vacinado a partir de 1° de fevereiro

Publicado em 19/11/2021 às 08h42
Vacina Covid
Número de infectados pelo vírus da Covid-19 cresce na Áustria, por isso, governo quer vacinação obrigatória. Crédito: Pixabay

Ao tentar controlar a crescente alta nos casos da covid-19, o governo da Áustria informou nesta sexta-feira (19) que estenderá um lockdown que era apenas para as pessoas não vacinadas para toda a população, a partir da segunda-feira. A medida valerá ao menos por dez dias e será mantida no máximo por 20 dias, segundo a imprensa local.

O chanceler austríaco, Alexander Schallenberg, também disse que haverá uma "exigência" de ser vacinado a partir de 1º de fevereiro.

Muitos países europeus, entre eles a Alemanha, enfrentam alta nos casos da doença, com a taxa de vacinação da Áustria em 65%, uma das menores da Europa.

O governo austríaco já havia imposto restrições aos não vacinados no domingo.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.