ASSINE

"Com aglomeração em praia, comércio não consegue abrir", aponta leitora

Flagrantes de desrespeito às medidas restritivas no Espírito Santo têm sido frequentes. Em Vila Velha, vídeo mostra muitas pessoas passeando em calçadão da orla

Publicado em 23/03/2021 às 13h06
Orla de Itaparica
Aglomeração durante quarentena na orla de Vila Velha. Crédito: Leitor A Gazeta

REPASSE DE VERBA

ES não recebeu R$ 16 bilhões do governo federal para combater a Covid (Política, 23/03). Sim... eu pesquisei no portal. Fiz também a pesquisa de valores de diárias de UTI e equipamentos. Entrei nas licitações do Estado para compra de insumos, leitos e fiz todas as contas e posso falar uma coisa com toda certeza: foram quase 2 bilhões em 1 ano (1,8 bi + 278 mi). Não chega nem perto do que o governo do Estado tem gasto com a pandemia. E eles tem feito mágica. Não vou pela cabeça de ninguém. Questiono, investigo em órgãos públicos competentes e vejo a realidade. E posso afirmar: Casagrande está fazendo um excelente serviço, enquanto há governadores que já deveriam estar presos há muitos meses. Não tenho político de estimação. Quero saber onde meus impostos estão indo. Então eu me informo de verdade. Se faz, eu falo. Se não faz, eu cobro. (Josy Machado)

Ficam aí criticando os governantes que estão fazendo tudo pra controlar esse vírus e salvar vidas. Temos que pensar quanto o SUS tem feito pelos brasileiros. O povo não paga nem o teste de covid, vão para as filas dos postos, imagina se conseguirá custear uma internação com altos custos como o governo do Estado está fazendo com os casos mais graves. (Valdirene Silva)

Repasses obrigatórios não dependem de ação do presidente, nem do governador. Para você ter uma ideia, em 2020 mesmo, o ES repassou ao governo federal mais de 20 bilhões, sabia? O que a matéria deixa claro é que o Estado não recebeu 16 bilhões para o combate à covid, insinuação mentirosa feita pelo presidente para jogar a população contra os governadores. O fato é que Bolsonaro não gastou nem metade do que o Congresso autorizou a gastar para combater à covid. (David A. Monteiro)

Mas o que significa o Portal da Transparência perto do tiozão do zap que disse que o Bolsonaro mandou toneladas de dinheiro? (Marcela Pizzol)

Então quer dizer que o presidente mentiu de novo e seus eleitores passaram os últimos dias espalhando isso na internet?? Que surpresa. (Thiago Borlot)

AGLOMERAÇÕES

Moradores denunciam praias lotadas e falta de fiscalização em Vila Velha (Cotidiano, 22/03). Se estão indo para as praias, não adianta fechar o comércio. Pessoal, dê uma ajuda aí, faça uma quarentena para ver se melhora, porque senão vamos ficar toda vida em quarentena. (Mariaines Chagas)

O comércio foi fechado e deixaram somente o “essencial”. Queria saber se o bar é essencial. Aqui no meu bairro ontem o bar estava lotadíssimo, não tinha nem como caber mais pessoas. E detalhe: ninguém usava máscara. Houve inúmeras denúncias, porém a festa foi até o amanhecer. Essa justiça brasileira é revoltante. (Alice Braz)

Cadê a Guarda Municipal, prefeito? Desse jeito não adianta nada "fechar" o comércio. “Fechar” entre aspas mesmo, pois ao menos nas redondezas de onde moro, está funcionando normalmente. (Renan Rodrigues de Almeida)

A Praia da Costa tem ficado como se nada acontecesse. O povo não respeita nada e com pouca ou sem fiscalização fica difícil. De dia, praia com muita gente, e à noite calçadão cheio! Desse jeito não sairemos disso tão cedo! (Andrea Valdetaro)

Enquanto houver aglomeração em praias, bares e bailes, o comércio não consegue abrir. Esses jovens não têm renda, quem leva o sustento para casa são os pais, muitos ainda não têm idade para se vacinar. Infelizmente só vão enxergar quando os pais estiverem doentes. (Alessandra Barboza)

Para que a economia volte à normalidade é preciso combater a pandemia. Enquanto esse vírus estiver ceifando mais de 2 mil vidas diariamente, colapsando o sistema de saúde, não há o que falar em economia. O povo tem que colaborar para voltarmos à normalidade. Caso contrário, lockdown e fiscalização rigorosa. (Suzy Olmo Pinheiro)

O prefeito de Vila Velha é negacionista. Tem bar colocando cadeira, mesa e até servindo pratos na areia. E o telefone da prefeitura não atende para denunciar. Eu também sobrevivo do comércio, também estou sofrendo, mas a vida está em primeiro lugar. Se não fizer direito agora, vai ser pior depois. O momento é difícil, temos que fazer nossa parte. (Fatima Conholato)

DESIGUALDADE

Pretos e pardos morrem mais de Covid no ES (Leonel Ximenes, 23/03). Talvez porque tenham menos acesso à saúde, estão em sua maioria na periferia, em condições precárias de moradia, sem recursos muitas vezes até para o detergente para lavar as mãos. Mas o povo prefere criticar uma estatística ao invés de ver o que leva a tais fatos. (Geilson Paoli)

São os que morrem precocemente por todas as causas desde sempre. A Covid só está acelerando esse processo. Há estudo científico mostrando que em Vitória, pretos e pardos morrem 12 anos antes de brancos. (Maria Del Carmen Molina)

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.