ASSINE

Histórias do Palácio Anchieta: bate-papo ao vivo traz curiosidades do prédio

Participam da conversa o representante dos jesuítas no Espírito Santo, Padre Nilson Maróstica, o jornalista José Antonio Martinuzzo e a gerente de Patrimônio do Palácio Anchieta, Áurea Bernardi

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 28/07/2021 às 16h24
Especial Palácio Anchieta - 470 anos
Especial Palácio Anchieta - 470 anos: convidados vão contar curiosidades e detalhes de cada fase que viveu o palácio. Crédito: Rodrigo Gavini/Arte Geraldo Neto

Os detalhes e curiosidades da construção do Palácio Anchietaque comemora neste mês de julho 470 anos, vão ser contados em uma live especial de A Gazeta nesta quinta-feira (29), às 16h. O bate-papo reúne pesquisadores e pessoas ligadas à história do edifício, que hoje abriga a sede do governo do Espírito Santo.  

A transmissão é mediada por Samanta Nogueira, editora de Política de A Gazeta. Participam da conversa o jornalista e professor da Ufes José Antonio Martinuzzo, que é o escritor do livro "Palácio Anchieta – Patrimônio Capixaba", a gerente de Patrimônio Histórico do Palácio, Áurea Lígia Bernardi, e o reitor do Santuário Nacional de São José de Anchieta e superior dos jesuítas do Espírito Santo, padre Nilson Maróstica.

Eles falam sobre as adaptações realizadas no prédio ao longo dos séculos, desde a primeira edificação, em 1551, como Igreja de São Tiago, até a mais recente restauração, concluída em 2009.

SÉRIE ESPECIAL

Desde a última semana, A Gazeta publica uma série com reportagens especiais sobre a história do prédio do Palácio Anchieta, a construção mais antiga a abrigar uma sede de governo no Brasil. 

Além de registros históricos, as reportagens  – que vão ser publicadas até o dia 31 de julho – trazem depoimentos de ex-governadores e funcionários e pessoas que moraram no local. São textos, vídeos, fotos e até um tour digital pelos cômodos do edifício.

A produção de todo conteúdo multimídia durou cerca de quatro meses e foi coordenada por Samanta Nogueira, editora de Política e responsável pelo projeto. De acordo com Samanta, diversas histórias sobre o Palácio, antes esquecidas ou não reveladas, foram descobertas ao longo das apurações.

"Pudemos conversar com pessoas que fizeram a restauração, que descobriram achados arqueológicos como o esgrafito, que é uma obra árabe rara aqui no Brasil. E também com os filhos de governadores, que contaram como foi morar no Palácio Anchieta, algo que já não acontece mais."

Para ela, a maior importância do Palácio é o que ele representa para o povo capixaba. "O que a gente quis mostrar é que não é só um prédio no meio da cidade, ele é, de fato, parte da construção do Estado mesmo. Ele é a sede do governo, mas ainda mantém o memorial religioso. Então, é uma construção que teve e ainda tem uma importância muito grande para o Espírito Santo", destaca.

A editora-chefe da Redação A Gazeta/CBN Vitória, Elaine Silva, ressalta que o Palácio Anchieta sempre foi cenário de muitos fatos ocorridos no Estado, que contaram com a cobertura de A Gazeta. Por conta disso, foi pensada uma homenagem para os 470 anos da construção.

"Estou muito feliz com o resultado, parabenizo os envolvidos pela criatividade, ousadia e vanguarda nos conteúdos e formatos apresentados. Esse projeto reforça a conexão que queremos sempre estabelecer com os capixabas seja no seu passado, presente ou futuro", afirma.

O projeto teve como editora de conteúdo Samanta Nogueira; reportagens de Iara Diniz, Ana Morais e Rafael Silva; fotografias e captação de imagens por Carlos Alberto Silva, Fernando Madeira e Vitor Jubini; edição de vídeo por Farley Sil; e supervisão visual de Adriana Rios.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Espírito Santo Palácio Anchieta espírito santo Palácio Anchieta 470 Anos

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.