ASSINE

Casagrande manifesta agradecimento e respeito a Mandetta

Governador do ES usou Twitter para publicar mensagem e cumprimentos ao novo ministro da Saúde, Nelson Teich

Publicado em 16/04/2020 às 17h36
Atualizado em 16/04/2020 às 19h07
Casagrande mostra, na live, máscaras que o governo comprou recentemente
Casagrande mostra, na live, máscaras que o governo comprou recentemente. Crédito: Reprodução da internet

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), usou o Twitter e o pronunciamento na internet para agradecer, nesta quinta-feira (16), a Luiz Henrique Mandetta, demitido pelo presidente Jair Bolsonaro do Ministério da Saúde. Casagrande também cumprimentou Nelson Teich, anunciado como novo titular da pasta.

O governador abriu o pronunciamento já abordando a demissão do ministro, e evitou fazer críticas ao presidente. "Quero agradecer o ministro Mandetta pelo trabalho que prestou por mais de um ano que esteve à frente do Ministério da Saúde. Neste tempo, tivemos um diálogo muito produtivo e, agora no enfrentamento à Covid 19, um estreito relacionamento da nossa equipe da Secretaria de Saúde e na minha relação com o Ministério e com o ministro. Quero fazer meu agradecimento a ele pelo trabalho prestado", afirmou.

"E dou as boas-vindas, como cidadão brasileiro, como governador, ao ministro Nelson Teich, que ele possa desempenhar bem o trabalho, que dê sequência às boas políticas do ministério, que possamos estar juntos, fazendo toda a implantação de políticas na área de saúde", complementou.

DEFESA DE CONTINUIDADE

Casagrande também defendeu a continuidade das políticas de enfrentamento ao coronavírus pelo novo titular da pasta. "É importante que a gente receba as orientações do Ministério da Saúde, e que ele tenha o objetivo claro de preservar a vida. O ministro tem que liderar esse trabalho, e estaremos juntos para que o Espírito Santo possa estar nessa ação de preservação das vidas e proteção às pessoas mais vulneráveis".

O perfil marcado por Casagrande no tuíte como sendo de Teich, na verdade, é  "dedicado" a ele, uma espécie de homenagem. Não é um perfil oficial.  

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.