ASSINE

Vídeo: PM reage a assalto e mata assaltante em Vila Velha

O militar estava no carro quando foi rendido por dois homens em uma moto, um deles armado

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 06/03/2021 às 19h44
Atualizado em 06/03/2021 às 19h44
Imagens obtidas pela TV Gazeta
O PM fez quatro disparos contra os dois assaltantes, em Vila Velha. Crédito: Reprodução

Câmeras de videomonitoramento registraram o momento exato em que assaltantes abordam um policial militar, que estava de folga, na noite de sexta-feira (05), em Coqueiral de Itaparica, Vila Velha. O PM reagiu e atirou contra os dois suspeitos, que estavam de moto. Um deles morreu e outro ficou ferido. 

Nas imagens obtidas pela TV Gazeta, é possível ver o soldado atravessando a rua em direção ao próprio carro. O militar entra no veículo estacionado, assumindo a direção, enquanto um grupo de funcionários de um comércio conversa do outro lado da rua, próximo à câmera. 

Em seguida uma moto com o farol acesso se aproxima. A moto para ao lado do veículo do PM. Nota-se a faísca do cano da arma durante os quatro disparos realizados pelo militar. O grupo de trabalhadores corre para se proteger e um dos tiros chega a atingir um tonel, que estava próximo aos funcionários. 

A ação dura pouco mais de cinco segundos. O PM sai do carro e verifica o estado de um dos assaltantes, que caiu no chão após ser baleado e morreu no local. Com ele foi apreendida uma pistola 9 mm. O corpo foi recolhido para o Departamento Médico Legal (DML), em Vitória. 

SEGUNDO SUSPEITO

Já o outro suspeito, mesmo baleado, conseguiu fugir na moto, que posteriormente foi localizada na rua Antonio Almeida Filho, na Praia de Itaparica. O veículo, que não possuía restrição de furto ou roubo, foi conduzido para o pátio de Riviera da Barra, em Vila Velha.

Populares afirmam que o suspeito foi socorrido por um carro preto, modelo Volkswagen Jetta. Em nota, a Polícia Militar confirmou que ele foi localizado no Hospital Estadual de Urgência e Emergência, em Vitória, com ferimentos provocados por disparos de arma de fogo, e permanece internado, sob escolta. Assim que receber alta, o suspeito vai ser encaminhado para a delegacia. 

LEGÍTIMA DEFESA

A Polícia Militar informou que o policial envolvido prestou esclarecimentos à Polícia Civil. O delegado entendeu que ação foi em legítima defesa. Em seguida, o PM foi liberado. A ocorrência vai ser encaminhada ao Departamento Especializado de Investigações Criminais (Deic). 

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.