ASSINE

Trio é preso por manter esconderijo de drogas e armas em Vila Velha

Além de prender duas mulheres e um homem, as polícias Militar e Federal apreenderam de cinco armas, entre elas uma espingarda, além de 78 tabletes de maconha em uma casa

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 10/09/2021 às 21h12
Armas e drogas
Duas mulheres e um homem são presos por manter esconderijo de drogas em Vila Velha. Crédito: Divulgação | Polícia Federal

Polícia Militar e a Polícia Federal prenderam, nesta sexta-feira (10), duas mulheres e um homem por manterem um esconderijo para drogas e armas no bairro Garoto, em Vila Velha.

Conforme apuração da TV Gazeta, segundo as investigações, as mulheres — de 28 e 33 anos — eram pagas por um homem de 25 anos para guardar as drogas. Os três acabaram presos e a polícia também realizou a apreensão de cinco armas, entre elas uma espingarda, além de 78 tabletes de maconha. O material ilícito, que pode ter sido trazido de outros Estados, estava distribuído em duas casas do bairro.

Segundo o cabo Aragão, da PM, o padrão de casa utilizado pelo trio era completamente fora do comum. "Mais bem construída, em um local melhor do que costumam guardar grande quantidade de droga", disse.

Ainda segundo a Polícia Militar, as mulheres, que nunca haviam sido presas, de imediato se identificaram e falaram que haviam recebido uma quantia para guardar o material ilícito.

As polícias Militar e Federal afirmam que o traficante de 25 anos fornecia drogas para alguns bairros de Vila Velha. Ele já era procurado pela polícia e foi abordado na rua, no bairro Garoto, apresentando identidade falsa.

De acordo com o delegado da PF Ivo da Silva, a origem e o destino das drogas ainda não são conhecidos. "Essa é uma questão que deve ser agora investigada a partir dessa prisão em flagrante, nós vamos tentar seguir e identificar a origem dessas drogas e armas e o destino que vinha sendo dado por esse grupo criminoso a esses ilícitos", afirmou.

Segundo apuração da TV Gazeta, os três envolvidos foram encaminhados para um presídio no Estado e devem responder por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse ilegal de arma de fogo.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.