ASSINE

Homem é preso suspeito de estuprar filha da namorada em Linhares

A menina reclamou de ardência nas partes íntimas e relatou à mãe ter sido tocada pelo homem, que era namorado da mulher. Suspeito foi autuado por estupro de vulnerável

Linhares
Publicado em 10/09/2021 às 16h15
16ª Delegacia Regional de Linhares
16ª Delegacia Regional de Linhares, onde o suspeito foi autuado por estupro de vulnerável. Crédito: Eduardo Dias

Um homem de 25 anos foi preso na manhã desta sexta-feira (10) em Linhares, no Norte do Espírito Santo, suspeito de abusar sexualmente da filha da namorada. A menina de quatro anos reclamou de ardência nas partes íntimas e disse ter sido tocada pelo indivíduo. Para preservar a identidade da vítima, a reportagem não vai divulgar o nome dos envolvidos e do bairro onde o caso foi registrado.

Segundo a Polícia Militar, a corporação foi acionada para ir ao local onde a família mora e, no endereço, ouviram a mãe da criança. Ela relatou aos policiais ter sido surpreendida após sua filha de quatro anos reclamar de ardência nas partes íntimas e relatar ter sido tocada com os dedos e pelo órgão sexual do namorado da mãe.

A PM informou que os militares foram em busca do suspeito e, quando o encontraram, os policiais perceberam que o homem demonstrou extremo nervosismo ao ser indagado e o encaminharam à 16ª Delegacia Regional de Linhares. Já a criança foi encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento de um bairro do município, acompanhada da mãe, e o Conselho Tutelar foi acionado.

Em conversa com a reportagem da TV Gazeta Norte, o delegado Fabrício Lucindo afirmou que as investigações feitas pela equipe da delegacia do município confirmaram que o abuso sexual foi praticado pelo homem. "Foi constatada a veracidade do fato, que realmente essa pessoa que foi conduzida abusou sexualmente da criança", disse.

Por nota, a Polícia Civil afirmou que o homem foi autuado e será encaminhado ao sistema penitenciário. Ressaltou ainda que a criança passou por exames periciais realizados pelo médico legista, mas a corporação não tem autorização para divulgar o resultado. Veja a nota na íntegra:

"A Polícia Civil informa que o conduzido foi autuado em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável. Ele será encaminhado ao sistema prisional. A criança foi encaminhada aos exames periciais, que foram realizados pelo médico legista. A assessoria não tem autorização de passar informações sobre resultados de exames."

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.