ASSINE

Suspeito de participar de ataque no Morro da Piedade é identificado

De acordo com a reportagem da TV Gazeta, se trata de Rafael Batista Lemos, que está sendo procurado pela polícia

Publicado em 15/06/2020 às 10h40
Atualizado em 15/06/2020 às 10h40
Jovem foi assassinado no Morro da Piedade
Jovem foi assassinado no Morro da Piedade. Crédito: Reprodução/TV Gazeta

Um dos suspeitos de participação no ataque que resultou na morte de um rapaz e que deixou outros dois feridos no Morro da Piedade, em Vitória, na última quinta-feira (11) foi identificado pela polícia. De acordo com a reportagem da TV Gazeta, se trata de Rafael Batista Lemos, que seria um dos atiradores. Um dia após o crime, o secretário de Estado da Segurança Pública, Alexandre Ramalho, havia afirmado que a polícia já sabia quem eram os autores do crime e que seriam presos.

O crime aconteceu durante a noite da última quinta (11). Um grupo de criminosos encapuzados realizou um ataque e deixou um jovem de 18 anos morto e outros dois baleados, uma de 17 e outro de 28 anos. As três vítimas não tinham envolvimento com o crime, segundo moradores e também informações da Polícia Militar.

Segundo moradores, na hora do ataque, os três jovens estavam juntos, conversando no quintal da casa de outra amiga, quando pelo menos sete homens encapuzados surgiram, vindos da direção do Morro do Macaco, e chegaram atirando. Em seguida, os bandidos fugiram no sentido ao Morro do Cabral. O estudante Fabrício Almeida, de 18 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Por nota, a Polícia Civil informou que “as investigações começaram logo após o fato e a equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vitória recolheu provas para a apuração do caso”. Disse ainda que “trata-se de um crime de demonstração de poder do tráfico de drogas, mas nenhuma motivação é descartada pela polícia”.

Sobre a identificação de outros suspeitos e mais detalhes, informou que “o caso segue sob investigação e outras informações não serão passadas, no momento, para preservar as investigações”.

A Polícia Civil afirmou ainda que conta com a colaboração da população e que denúncias podem ser feitas pelo Disque-Denúncia, no telefone 181, ou na internet, pelo site disquedenuncia181.es.gov.br, de forma anônima. “A equipe do delegado Marcelo Cavalcanti, que chefia a DHPP de Vitória, conta com a colaboração da população e qualquer contribuição para identificação de suspeitos podem ser feitas por meio do Disque-Denúncia 181 ou pelo disquedenuncia181.es.gov.br, o sigilo e anonimato são garantidos. No site, é possível a pessoa anexar imagens e vídeos de ações criminosas”, concluiu a nota.

Com informações de Diony Silva, da TV Gazeta

A Gazeta integra o

Saiba mais
Polícia Civil Sesp Ataques em Vitória homicídio morro da piedade

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.