ASSINE

Suspeito de matar jovem com tiros de metralhadora é preso em Vila Velha

Adolescente tinha 17 anos e morreu na frente da namorada e do enteado, em 2020; criminoso tentou fugir, mas foi preso nessa quarta-feira (10)

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 11/03/2021 às 20h58
Victor é o que está de camisa branca com uma arma na mão; outros dois suspeitos participaram do homicídio em 2020. Crédito: Divulgação | Polícia Civil
Victor é o que está de camisa branca com uma arma na mão; outros dois suspeitos participaram do homicídio em 2020. Crédito: Divulgação | Polícia Civil

Suspeito de ter matado um jovem com uma rajada de metralhadora no ano passado, o criminoso identificado apenas como Victor, de 18 anos, foi preso na tarde dessa quarta-feira (10), em uma casa no bairro Terra Vermelha, em Vila Velha. Contra ele, havia quatro mandados de prisão e busca e apreensão em aberto.

De acordo com a Polícia Militar, o serviço de inteligência da 13ª Companhia Independente identificou que ele estava escondido na casa do pai e montou um cerco no local. Ao perceber a aproximação, o bandido chegou a correr, pular muros e subir no telhado de uma casa, de onde acabou caindo.

Soldado que participou da prisão

Preferiu não ser identificado

"Ele já tinha conseguido fugir duas vezes e, em uma delas, até trocou tiro com a Força Tática. Desta vez, ele acabou preso"

O suspeito já havia praticado crimes quando ainda era menor de idade, incluindo outro homicídio. "Ele tinha envolvimento com o tráfico de drogas da região da Grande Terra Vermelha e chegou a ser preso uma vez, à bordo de um carro roubado, transportando drogas", contou o soldado.

Para tentar escapar da prisão, o criminoso teria morado por um tempo em outra cidade. Na casa do pai de Victor, nada de ilícito foi encontrado nessa quarta-feira (10). Após a detenção, ele foi levado para a Delegacia Regional de Vila Velha, de onde foi encaminhado para o Centro de Triagem de Viana.

MORTO NA FRENTE DA NAMORADA E DO ENTEADO

Segundo informações passadas pela Polícia Civil, o homicídio no qual Victor participou aconteceu no dia 13 de novembro do ano passado, no bairro São Conrado, em Vila Velha. A vítima era um adolescente de apenas 17 anos, natural de Itaguaçu, e que estava visitando a namorada e o enteado na Grande Vitória.

"Nas imagens do crime (gravadas por uma câmera de segurança) é possível ver a criança e a companheira. Ele morreu do lado dos dois", revelou o delegado Alan de Andrade, adjunto da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que é responsável pelas investigações sobre o caso.

De acordo com a PC, o assassinato contou com a participação de mais dois criminosos. "O Ronilson, suspeito de camiseta preta que segura uma arma, foi detido em flagrante logo após o crime pela DHPP de Vila Velha. Já o terceiro não foi possível qualificar, porque ele não está no ângulo da câmera", esclareceu.

OS OUTROS CRIMES

Sem divulgarem mais detalhes sobre os demais crimes cometidos pelo Victor, a Polícia Civil e a Polícia Militar apenas informaram que os outros três mandados em aberto contra o criminoso eram por tráfico de drogas e posse e comercialização de armas e munições. Além de outro homicídio mais antigo.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.