ASSINE

Suspeito de matar homem e jogar corpo em rio do ES é preso na Bahia

Vítima foi encontrada no Rio Piraquê-Açu, no bairro Santa Cruz, com marcas de facadas e tiros. Crime ocorreu em maio e polícia investiga motivação relacionada a ciúmes

Colatina
Publicado em 30/09/2021 às 18h32
Corpo de homem é encontrado dentro de rio em Aracruz
Corpo de homem é encontrado dentro do Rio Piraquê-Açu, em Aracruz. Crédito: Divulgação

Polícia Civil prendeu um homem de 48 anos, suspeito de um homicídio ocorrido em maio deste ano, em Aracruz, no Norte do Espírito Santo. O corpo da vítima foi encontrado no Rio Piraquê-Açu, no bairro Santa Cruz, com marcas de facadas e tiros, e em avançado estado de decomposição. A prisão foi realizada em Alcobaça, na Bahia, na última terça-feira (28), e o suspeito foi transferido para o Espírito Santo nesta quinta-feira (30).

O suspeito foi preso durante ação conjunta entre as polícias civis dos dois Estados. Segundo o titular da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de Aracruz, André Jaretta, o crime aconteceu no dentro de um bar pesqueiro, em Aracruz, no dia 2 de maio deste ano.

“No dia do fato, ele teria assassinado a vítima e tentado ocultar o corpo. O suspeito amarrou uma âncora de barco nos pés da vítima, foi ao rio Piraquê-Açu e a deixou no local. O corpo só foi encontrado quatro dias depois, quando uma pessoa acionou a Polícia Militar, informando que viu um corpo boiando no local”, contou o delegado.

Durante as investigações, a DHPP de Aracruz conseguiu localizar o suspeito. A informação foi repassada para a Polícia Civil da Bahia, que realizou a prisão. Os policiais do Estado capixaba foram ao município vizinho, nesta quinta-feira (30), para realizar a transferência do homem à Delegacia Regional de Aracruz, onde ele será interrogado.

MOTIVAÇÃO PODE ESTAR LIGADA A CIÚMES

O caso continua sob investigação e, segundo o delegado André Jaretta, a motivação pode estar ligada a ciúmes que o autor do crime teria da esposa dele com a vítima. Após os procedimentos, o suspeito será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Aracruz. O delegado também afirmou que a polícia ainda avalia se há envolvimento de outros suspeitos.

CORPO ENCONTRADO NO RIO PIRAQUÊ-AÇU

No dia 6 de maio deste ano, a Polícia Militar foi acionada até as margens do Rio Piraquê-Açu, próximo a um supermercado, para verificar a existência de um cadáver. No local, os policiais notaram haver algo no meio do rio parecido com um corpo.

Com o trabalho do Corpo de Bombeiros, foi constatado que se tratava de um cadáver do sexo masculino e de estatura mediana, em avançado estado de decomposição. Foram encontradas lesões na região da cabeça da vítima, que segundo a perícia da Polícia Civil, teriam sido provocadas por arma branca, e orifícios de entrada e saída de projéteis de arma de fogo.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais
Aracruz Polícia Civil aracruz crime

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.