ASSINE

Suspeito de estuprar cunhadas e sobrinha é preso em São Gabriel da Palha

Duas mulheres, de 25 e 35 anos, irmãs mais novas da esposa do suspeito, decidiram denunciar após descobrirem que a filha de uma delas, uma menina de oito aos, também teria sido violentada

Colatina
Publicado em 08/10/2021 às 18h03
Delegacia São Gabriel da Palha
Crimes são investigados na Delegacia São Gabriel da Palha. Crédito: Divulgação | Polícia Civil

Um homem de 43 anos foi preso, nesta sexta-feira (8), em São Gabriel da Palha, no Noroeste do Estado, suspeito de estuprar suas duas cunhadas e uma sobrinha de o. À Polícia Civil, as vítimas contaram que a violência aconteceu ao longo dos últimos 26 anos, mas as mulheres só tiveram coragem de denunciar os crimes na última terça-feira (28). 

Segundo o titular da Delegacia de Polícia de São Gabriel da Palha, delegado Rafael Caliman, as diligências para prender o suspeito começaram assim que as vítimas o denunciaram.

“A investigação começou no dia 28 de setembro, quando as vítimas quebraram um ciclo de silêncio e sofrimento e decidiram relatar os abusos à Polícia Civil. Imediatamente, a DP de São Gabriel da Palha iniciou as diligências que culminaram na expedição do mandado de prisão, cumprido nesta sexta (8)”, afirmou.

A Polícia Civil informou que duas vítimas têm 25 e 35 anos e são irmãs mais novas da esposa do suspeito. A terceira vítima é uma criança de oito anos, filha da mulher de 35, uma das mulheres que denunciaram o homem.

O primeiro abuso contra a vítima de 35 anos, segundo depoimento colhido pela polícia, ocorreu quando ela tinha nove anos. Ela relatou que foi molestada dos nove aos onze anos, e nunca falou sobre isso com ninguém. A mulher de 25 anos contou uma experiência semelhante, afirmando que foi violentada pelo cunhado em 2005, também aos nove anos. As histórias das duas mulheres vieram à tona quando elas souberam que a sobrinha do investigado, de oito anos, também foi molestada.

Após a denúncia feita pelas mulheres, o delegado solicitou a prisão temporária do investigado e a Justiça deferiu. Segundo a polícia, o homem foi encontrado em casa e não ofereceu resistência. Em depoimento, ele negou os fatos narrados. O suspeito foi encaminhado a um presídio e o Inquérito Policial segue em andamento na Delegacia de São Gabriel da Palha.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.