ASSINE

Produtor do ES tem 2 mil abacaxis cortados em plantação: "Ato criminoso"

Caso ocorreu em Marataízes. Os frutos ainda seriam colhidos daqui a 20 dias e o prejuízo de R$ 6 mil foi descoberto quando o proprietário da plantação, chegou para trabalhar na manhã desta teça-feira (20)

Cachoeiro de Itapemirim / Rede Gazeta
Publicado em 22/07/2021 às 17h40
Abacaxis foram cortados na madrugada desta terça-feira (20)
Abacaxis foram cortados na madrugada desta terça-feira (20). Crédito: Reprodução/ Divulgação

Um produtor rural da localidade de Praia dos Cações, em Marataízes, no Litoral Sul do Espírito Santo, sofreu um prejuízo de cerca de R$ 6 mil após encontrar dois mil abacaxis cortados pela metade em sua plantação na manhã desta terça-feira (20).

O prejuízo foi descoberto quando Wanderlei Fernandes Marvila, de 50 anos, proprietário da plantação, chegou para trabalhar pela manhã. Ele e sua família acreditam que um grupo de pessoas tenha cortado os frutos com facões durante a madrugada.

"Foi ato criminoso. Já aconteceu de roubarem uns 500 frutos uma vez, mas nunca um crime assim. Quando cheguei para trabalhar, fiquei em choque. É uma tristeza. Vivemos para trabalhar e não damos prejuízo a ninguém. Não sabemos quem foi, nem o porquê de fazerem isso comigo. Agora, é recomeçar", disse o produtor.  Veja vídeo:

Produtor de abacaxi sofre prejuízo de R$ 6 mil

A filha de Wanderlei, Thalia Fernandes, conta que os frutos ainda não estavam no tempo de colheita. “Os abacaxis seriam colhidos daqui a uns 20 dias ainda. Isso nunca aconteceu com ele antes, nem com outros produtores da região. As pessoas estão revoltadas, pois ele é uma pessoa honesta e trabalhadora”, disse a filha. 

Segundo a Polícia Militar, na manhã de terça-feira policiais militares foram acionados para atender a uma ocorrência de invasão de terras na Praça dos Cações, mas nenhum suspeito foi localizado. A polícia orientou o solicitante a procurar a delegacia. Até o momento, nenhum suspeito foi identificado e preso.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.