ASSINE

PRF prende dois homens e apreende 400 kg de maconha após perseguição na BR 262

Policiais desconfiaram de um veículo que seguia em direção a Vitória na BR 262 e deram voz de parada. O motorista não obedeceu, tentou fugir no sentido contrário, mas acabou alcançado. No veículo havia cerca de 400 quilos de maconha

Publicado em 22/10/2020 às 10h42
Atualizado em 22/10/2020 às 12h32
Viana
Na Strada, policiais da PRF encontraram cerca de 400 quilos de maconha na BR 262, em Viana. Crédito: Divulgação/PRF

Uma fiscalização rotineira de agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) resultou em uma perseguição dupla, duas pessoas presas e ainda cerca de 400 kg de maconha ( 367 kg após pesagem) apreendidos na BR 262, em dois pontos diferentes da rodovia federal no trecho de Viana, na manhã desta quinta-feira (22). Um vídeo divulgado pela corporação mostra o momento em que os policiais identificam a droga que era trazida ao Estado. Veja vídeo:

Por volta das 7 horas, agentes que estavam em uma viatura às margens da rodovia na altura do quilômetro 35, na região de Biquinha, em Viana, desconfiaram de um Fiat Strada com placas de Uberlândia (MG) que seguia em direção a Vitória. Foi dada voz de parada e o motorista se recusou a estacionar. Segundo policiais da PRF que conversaram com a reportagem da TV Gazeta, o motorista então pegou a direção contrária e iniciou a fuga.

ARAME FARPADO E PRISÃO

A viatura da PRF iniciou uma perseguição, que se prolongou por cerca de três quilômetros na BR 262. Para tentar fugir, o motorista jogou o Fiat Strada para o acostamento, saltou do veículo e correu para dentro do mato na margem da pista. Ele não contava, entretanto, com uma cerca de arame farpado em meio ao matagal. O motorista acabou se machucando na testa durante a fuga e foi alcançado pelos policiais.

No carro que ele dirigia, os agentes da Polícia Rodoviária Federal encontraram cerca de 400 quilos de maconha na carroceria, sendo que a droga não estava camuflada ou escondida. Como o veículo foi abandonado em um trecho íngreme da rodovia, o carro acabou descendo pela ribanceira e os policiais tiveram dificuldades para chegar até o automóvel.

"BATEDOR"

Segundo a PRF, embora estivesse sozinho no veículo, o motorista que transportava a maconha contava com o apoio de outro veículo que estava à frente, de onde recebia informações sobre a presença de policiais na pista. Os agentes da PRF encontraram um rádio-comunicador dentro do Fiat Strada e o motorista afirmou, após ser preso, que estava se comunicando com outra pessoa. O veículo em questão é um Volkswagen Polo.

Ao saberem da presença do outro carro, os policiais que realizaram a abordagem alertaram os agentes que estavam no posto da corporação, em Viana, para que parassem o veículo detalhado. Os agentes, entretanto, não esperaram o Volkswaven Polo chegar até a região do posto e foram ao encontro do carro, no sentido contrário, em direção a Domingos Martins.

O motorista do Volkswagen Polo, ao se deparar com a viatura da PRF, pegou a direção contrária para tentar também fugir. A fuga acabou frustrada porque o carro bateu na mureta, perdeu uma das rodas e tombou na pista. O condutor do veículo também foi preso, assim como o motorista do Fiat Strada.

DROGA ERA LEVADA PARA VITÓRIA

Em depoimento dado aos policiais ainda no local onde foi preso, o motorista que transportava a droga contou que receberia R$ 5 mil reais pelo serviço e disse havia saído da cidade de Patos de Minas (MG) e entregaria a droga em Vitória. Ele explicou que não sabia o local exato e para quem faria a entrega, pois estava recebendo orientações do motorista do Volkswagen Polo, que indicaria o ponto para que a maconha fosse descarregada.

O carro que transportava o entorpecente era roubado e com placas clonadas, de acordo com a checagem da PRF. Por conta da ação na BR 262, o trânsito ficou parado por cerca de 20 minutos nos dois sentidos e depois foi liberado em esquema de pare e siga para que os veículos fossem retirados da pista.

Ainda de acordo com a PRF, no Polo havia outra pessoa, que conseguiu fugir a pé. Os policiais contaram com a ajuda de agentes penitenciários da Sejus e que trabalham no Complexo de Viana nas buscas pelo suspeito.  Veículos, droga e os detidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil em Cobilândia, em Vila Velha/ES.

A Gazeta integra o

Saiba mais
BR 262 Domingos Martins Viana tráfico de drogas viana

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.