ASSINE

Preso casal suspeito de extorsão que agia em Minas Gerais e no ES

Segundo a polícia, o casal induzia as vítimas a enviar fotos e vídeos e depois exigia dinheiro para não divulgar o material na internet

Publicado em 11/09/2020 às 19h16
Atualizado em 11/09/2020 às 21h57
Operação Visibilidade, realizada pelas Polícias Civil e Militar, na Avenida Fernando Ferrari, em Vitória, prendeu o fugitivo do sistema penitenciário, Layson Poloni da Conceição, ele havia deixado a cadeia na saidinha do dias das mães e não retornou
Polícia Civil no Espírito Santo deu apoio à polícia mineira na prisão do casal . Crédito: Fernando Madeira

Um homem de 28 anos e a esposa, de 34, foram presos nesta quarta-feira (9) acusados de participação em uma associação criminosa responsável pelo crime de extorsão no Espírito Santo e em Minas Gerais. A prisão foi efetuada em uma operação conjunta entre a Delegacia de Polícia de Montanha e policiais civis de Caratinga, no Estado vizinho. O homem foi detido no Distrito de Vinhático, em Montanha. A mulher, por sua vez, foi encontrada em Teixeira de Freitas, na Bahia, momentos antes de realizar uma cirurgia plástica.

Segundo informações da Polícia Civil do Espírito Santo, a mulher, junto com o companheiro, aplicava golpes por meio das redes sociais. Na internet, com um perfil falso, ela trocava vídeos e fotos com as vítimas. Após o envio de arquivos, eles ameaçavam divulgar o material recebido, extorquindo as vítimas. A polícia não deu detalhes sobre o tipo de fotos que eram enviadas.

De acordo com o delegado titular da DP de Montanha, Leonardo Ávila, em Caratinga uma das vítimas chegou a pagar R$ 11,8 mil, com medo de que fotos e vídeos fossem divulgados. No Espírito Santo, duas pessoas foram vítimas da associação criminosa. Não se sabe o valor que foi subtraído, mas a Polícia Civil informou que as pessoas que tiveram prejuízo são de Colatina e Ecoporanga.

Durante a apuração dos fatos, iniciadas pela polícia mineira, foi solicitado o apoio da delegacia de Montanha depois que os agentes tiveram conhecimento da localização dos suspeitos.

Segundo o delegado, após o início das buscas descobriu-se que a mulher estava em Teixeira de Freitas.

“Ela estava em uma clínica estética na Bahia e iria realizar uma cirurgia plástica. Fizemos contato com os policiais civis do município, que foram até o local e conseguiram cumprir o mandado de prisão na porta do estabelecimento, antes que ela realizasse o procedimento estético”, disse Ávila.

O delegado ainda ressaltou que outras pessoas serão envolvidas e que a investigação vai continuar.

Os dois suspeitos foram encaminhados para o Estado de Minas Gerais e permanecem à disposição da Justiça de Caratinga.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Bahia Espírito Santo Minas Gerais Montanha Polícia Civil bahia dinheiro espírito santo Fotografia

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.