ASSINE

Polícia prende trio suspeito de roubar motoristas de aplicativo no ES

De acordo com a Polícia Civil, os detidos fizeram pelo menos quatro vítimas; nenhum deles possuía passagem pela polícia

Publicado em 26/10/2020 às 15h37
Atualizado em 26/10/2020 às 19h04
Trio foi detido pela Polícia Civil na manhã desta segunda (26) em Cariaica
Trio foi detido pela Polícia Civil na manhã desta segunda (26) em Cariaica. Crédito: Daniel Pasti

Polícia Civil prendeu no bairro Vila Palestina, em Cariacica, uma mulher e dois homens suspeitos de cometerem roubos a motoristas de aplicativo. De acordo com a polícia, ao menos quatro pessoas foram vítimas dos detidos, sendo que em um dos casos um dos acusados chegou a se passar por motorista, tendo aceitado uma corrida e roubado uma passageira.

O delegado Ricardo Toledo, da  Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV), explicou que os suspeitos atuavam na região de Cariacica e Viana. Um dos envolvidos, segundo o delegado, já foi motorista de aplicativo e disse que começou a cometer os crimes porque estava passando por dificuldades financeiras e precisava de dinheiro. Nenhum dos três, porém, possuía passagem pela polícia.

"As corridas eram pedidas em Cariacica com destino a Viana. O rapaz que já foi motorista de aplicativo simplesmente falou que estava passando por dificuldades financeiras e precisando de dinheiro. A partir dessa audácia que eles tiveram de aceitar a corrida com um carro roubado, esse risco que eles estariam colocando os usuários de transporte por aplicativo, iniciamos as investigações", disse.

Carro modelo HB20 prata que foi roubado pelos criminosos
Um dos carros roubados pelo trio foi recuperado pela Polícia Civil. Crédito: Divulgação/PCES

Os suspeitos atuavam com bastante violência, desferindo golpes de socos e coronhadas nas vítimas durante as ações. Ricardo Toledo afirmou que cada um confessa apenas um dos crimes e a mulher, que é irmã de um dos suspeitos, diz ser inocente. 

Ainda segundo Toledo, todas as vítimas fizeram o reconhecimento dos detidos. Os quatro carros roubados pelos criminosos foram recuperados pela Polícia Civil e devolvidos. Na casa onde os suspeitos foram presos, na manhã desta segunda-feira (26), a polícia encontrou celulares de vítimas e uma arma falsa que era utilizada nos crimes.

Os suspeitos foram autuados por roubo majorado e associação criminosa e encaminhados para o Centro de Triagem de Viana (CTV), onde ficarão à disposição da Justiça.

VÍTIMA FOI AMEAÇADA DE MORTE

A Polícia Civil identificou uma nova vítima da ação dos criminosos na madrugada deste domingo (25). Segundo o homem, que não quis ser identificado, um dos criminosos solicitou uma viagem pelo aplicativo de Campo Grande, em Cariacica, para o bairro Vila Bethânia, em Viana.

O homem afirmou que, nessa ocorrência, apenas os dois rapazes estavam presentes. Um deles teria alegado que o outro estava bêbado e não tinha condições de pegar um transporte coletivo. Quando a vítima questionou, próximo ao destino, porque apenas um deles estava alcoolizado, eles avançaram para cima do motorista, utilizando a arma falsa para agredi-lo.

“Me deram um mata-leão e muita coronhada na cabeça. Tentei reagir, mas não tive condições. Um saiu, me pegou pelo lado do motorista e me jogou para fora do carro dando uma coronhada na nuca. Levaram o carro e ameaçaram dizendo que se eu procurasse a polícia eles voltariam para me matar”, relatou.

A vítima trabalha como motorista de aplicativo há 3 anos e afirmou que foi a primeira vez que passou por esse tipo de experiência. Ele explicou, porém, que não possui outra fonte de renda e, mesmo com medo, voltará a trabalhar como motorista.

“Infelizmente eu tenho que voltar a trabalhar. Eu não tenho, atualmente, outra forma de ganho, então tenho que assumir o risco", finalizou.

Assalto Espírito Santo Grande Vitória Polícia Civil espírito santo Motorista de Aplicativo

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.