ASSINE

Polícia prende acusado de torturar criança em Barra de São Francisco

Segundo a Polícia Civil, as torturas aconteciam porque o garoto urinava no colchão durante a noite; o homem esfregava o rosto do menino no colchão

Publicado em 17/08/2020 às 18h34
Atualizado em 17/08/2020 às 22h48
Delegacia Regional de Barra de São Francisco, na Região Noroeste do Estado
Homem de 23 anos é preso por torturar criança de 10 anos em Barra de São Francisco. Crédito: Gazeta Norte

Polícia Civil prendeu um homem de 23 anos acusado de torturar uma criança de 10 anos, no bairro Vial Luciene, em Barra de São Francisco, no Noroeste do Espírito Santo, na última sexta-feira (14). Segundo a polícia, que divulgou as informações nesta segunda-feira (17), a criança era torturada porque urinava no colchão durante a noite.

O delegado Leonardo Forattini, responsável pelo caso, explicou que a mãe está internada para o tratamento de um câncer e, por isso, o menino estava na casa da irmã, que vivia em união estável com o suspeito. Durante as torturas, o homem esfregava o rosto do menino no colchão.

“O menino estava na casa da irmã porque a mãe deles está internada para o tratamento de um câncer. A vítima estava urinando no colchão durante as noites e, como forma de castigo, o suspeito esfregou o rosto da criança no colchão durante um período prolongado. Tivemos conhecimento do caso, solicitamos à Justiça um mandado de prisão e conseguimos prendê-lo. Agora ele responderá pelo crime de tortura”, disse.

O menino foi encaminhado para exame de lesões corporais e, segundo o delegado, as características das lesões indicam que a criança foi submetida a intenso sofrimento físico. 

A Polícia Civil informou que o suspeito foi encaminhado à Penitenciaria de Barra de São Francisco, onde permanece à disposição da Justiça.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.