ASSINE

Polícia divulga imagens de golpista que se passa por funcionário de banco no ES

A polícia informou que o suspeito se apresenta como funcionário de banco e utiliza carros de aplicativo de transporte para ir até as casas das vítimas pegar seus cartões

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 20/09/2021 às 12h04
A Polícia Civil divulgou imagens de um homem suspeito de aplicar golpes no ES
A Polícia Civil divulgou imagens de um homem suspeito de aplicar golpes no ES. Crédito: Divulgação/PCES

Polícia Civil divulgou nesta segunda-feira (20) imagens de um homem suspeito de aplicar o "golpe do motoboy" no Espírito Santo, no qual ele se passa por um funcionário de banco para roubar cartões das vítimas. De acordo com a polícia, os criminosos agora atuam utilizando carros de aplicativos de transporte particular para ir até as casas das vítimas.

A corporação informou, ainda, que mais uma vítima do golpe foi atendida na última quinta-feira (15). Trata-se de uma idosa de 78 anos que teve um prejuízo de mais de R$ 50 mil após entregar seu cartão para um homem que se apresentou como funcionário de um banco. O titular da Delegacia de Defraudações (Defa), delegado Douglas Vieira, explicou que os criminosos atuam se oferecendo para resolver um problema.

"A ação dos bandidos é semelhante a tantas outras que já registramos na Delegacia: a vítima recebe um telefonema, em que o golpista se passa por funcionário do banco e informa que constatou movimentações suspeitas na conta bancária. Ele se oferece para resolver o problema, e diz que outro funcionário vai buscar o cartão, para providenciar o bloqueio. A vítima é ludibriada e acaba entregando, só percebendo o esquema quando a conta é esvaziada”, disse.

A Polícia Civil divulgou imagens de um homem suspeito de aplicar golpes no ES

Segundo a Polícia Civil, no caso da senhora de 78 anos, o golpista pediu que a mulher entregasse o cartão e uma carta escrita a mão que, para a corporação, serve para dar mais veracidade à ação criminosa. Ele marcou um horário com a vítima para ir até sua casa, se apresentou como Pedro Henrique, pegou o cartão e a carta e foi embora. Logo depois, a vítima percebeu várias retiradas por meio de saques, Pix, transferências de compras foram feitas de sua conta.

"Isso ocorreu no dia 30 de agosto. Assim que tomamos conhecimento do caso, iniciamos as investigações e coletamos imagens de videomonitoramento que mostram o criminoso chegando e saindo, a bordo de um veículo de aplicativo. Já apuramos que o motorista não tem nenhum envolvimento com o crime e agora estamos divulgando as imagens para que a população nos ajude com informações que nos levem à verdadeira identidade do golpista”, completou o delegado.

A Polícia Civil ainda destacou que informações que possam contribuir para as investigações podem ser repassadas à corporação através do Disque-Denúncia 181 de forma anônima ou pelo site disquedenuncia181.es.gov.br. A equipe da Delegacia de Defraudações também está à disposição da população nos telefones 3137-9043 e 3137-9012.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.