ASSINE

Polícia apreende mais de 3 mil pontos de LSD e ecstasy em Vila Velha

Um homem de 27 anos foi preso nesta segunda-feira (12) e, com ele, foram apreendidos os micropontos e 380 comprimidos de ecstasy. A droga foi descoberta durante averiguação de denúncia de que armas estariam escondidas em uma casa

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 13/07/2021 às 16h17
Vila Velha
Os micropontos de LSD e os comprimidos de ecstasy estavam em uma casa de Vila Velha. Crédito: Divulgação/Polícia Civil

Uma denúncia anônima levou a polícia a prender um homem de 27 anos em Vila Velha, nesta segunda-feira (12). A princípio, a polícia recebeu a informação de que em uma casa da cidade haveriam armas escondidas. Ao chegarem à residência, porém, ao invés do armamento, os policiais encontraram drogas sintéticas e estimulantes. A polícia não informou a identificação do preso e o nome do bairro onde ocorreu a ação.

O delegado Gabriel Monteiro, da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio, explicou que os entorpecentes seriam revendidos em festas clandestinas e eram voltados aos jovens.

"Foi uma operação da Delegacia de Narcóticos. Recebemos a informação de que dentro desta casa haveriam armas. Fomos apurar a denúncia e, para nossa surpresa, encontramos uma grande quantidade de entorpecentes. Eram mais de 3 mil micropontos de LSD e ainda 380 comprimidos de ecstasy. Com isso, o indivíduo foi autuado por tráfico de drogas", explicou Monteiro.

Ainda segundo o titular da DRCCP a droga era destinada aos frequentadores de festas conhecidos "bailes do mandela" e também raves. O indivíduo preso já possui passagens por tráfico de drogas e informou que os entorpecentes eram do Rio de Janeiro.

Com esta informação, Monteiro explicou que as investigações prosseguirão para identificar os responsáveis pelo envio da droga ao Estado. Já o suspeito, foi encaminhado ao Centro de Triagem de Viana e está á disposição da Justiça.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.