ASSINE

Mulher é morta a tiros dentro de casa em fazenda de Vila Valério

Ana Cristina Passos da Silva, de 33 anos, foi atingida com dois disparos de arma de fogo. Segundo informações colhidas pela PM, o autor do crime seria um homem que vestia roupas camufladas

Linhares
Publicado em 13/07/2021 às 11h24
Vila Valério
Vila Valério, Noroeste do Espírito Santo. Crédito: Prefeitura de Vila Valério

Uma mulher foi morta dentro de casa na noite desta segunda-feira (12) em uma fazenda de Córrego do Tesouro, Vila Valério, no Noroeste do Espírito Santo. Ana Cristina Passos da Silva, de 33 anos, foi atingida com dois disparos de arma de fogo. Segundo informações colhidas pela Polícia Militar, o autor do crime seria um homem que vestia roupas camufladas.

De acordo com os relatos, o homem teria saído do mato e atirado duas vezes contra Ana. 

Em conversa com a reportagem de A Gazeta, o delegado Rafael Caliman afirmou que uma equipe da Polícia Civil se deslocou ao local na manhã desta terça-feira (13) para averiguar o caso. Questionado sobre a autoria do crime, Caliman contou que ainda não é possível afirmar se foi feminicídio, pois na ocorrência consta que o companheiro de Ana está preso.

"Foram dois disparos efetuados por um homem com roupa camuflada. A princípio, não dá para saber se foi feminicídio porque nas informações que temos na ocorrência consta que o companheiro dela já estava preso", afirmou.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Serviço Médico Legal (SML) de Linhares para ser liberado para os familiares e para ser feito o exame cadavérico.

De acordo com a Polícia Militar, buscas foram feitas pela região, mas o suspeito não foi localizado no momento do fato. A ocorrência foi encaminhada à Polícia Civil para investigação.

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que o caso está sob investigação da Delegacia de Polícia (DP) de Vila Valério, que realizou diligências assim que teve ciência do fato. “Até o momento nenhum suspeito foi detido e outras informações não serão repassadas para que a apuração dos fatos seja preservada”, afirma o texto.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.