ASSINE

Perseguição termina com tiros, prisões e acidente na Reta da Penha

Três suspeitos foram detidos, sendo que um deles acabou sendo baleado. Ao ser perseguido por uma viatura da Guarda Municipal, o veículo dos criminosos – com restrição por clonagem – acabou atingindo um táxi que estava parado em um ponto

Publicado em 28/10/2020 às 12h10
Atualizado em 28/10/2020 às 12h13
Dupla foi presa após perseguição na região da Reta da Penha
Dois dos três suspeitos presos após perseguição na região da Reta da Penha. Crédito: Reprodução/TV Gazeta

Uma perseguição a um carro com restrição por clonagem terminou com tiros e prisão de três suspeitos nas proximidades da Reta da Penha, em Vitória, assustando moradores e comerciantes entre os bairros Santa Lúcia e Praia do Canto na manhã desta quarta-feira (28). Um suspeito acabou baleado. Na perseguição, o veículo dos criminosos acabou atingindo um táxi que estava parado no ponto de taxistas do local.

O suspeito baleado foi preso na rua Doutor Eurico de Aguiar, na Praia do Canto. A rua faz esquina com a Reta da Penha e a região é uma das mais movimentadas de Vitória, perto de um shopping e de vários pontos comerciais.

O caso aconteceu na Rua Doutor Eurico de Aguiar
Suspeito é preso próximo à Reta da Penha, em Vitória. Crédito: Internauta

Imagens mostram pelo menos quatro viaturas da Guarda Municipal de Vitória e uma da Polícia Militar no local. Procurada pela reportagem de A Gazeta, a Polícia Militar informou que apenas deu apoio aos agentes da Guarda.

Na altura da Reta da Penha, houve troca de tiros e um suspeito, que usa uma tornozeleira eletrônica, foi preso após ser baleado. Outros dois homens também foram detidos posteriormente. À reportagem de A Gazeta, a Guarda Municipal de Vitória informou que deteve três indivíduos na Reta da Penha, que transitavam em um veículo com restrição por suspeita de clonagem. Com eles, havia mais um suspeito, que conseguiu fugir. O Cerco Inteligente de Segurança da Prefeitura de Vitória emitiu um alerta de restrição após o veículo entrar na capital pela Terceira Ponte.

Após a viatura da Guarda Municipal iniciar a perseguição, o veículo passou por cima do canteiro central da Reta da Penha entrando na contramão. Uma mulher foi atropelada, porém, sem ferimentos graves e não precisou de atendimento médico. Os indivíduos abandonaram o veículo, quando um deles, que estava armado, ameaçou sacar a arma. Ele foi atingido na perna e socorrido pelo Samu. A Guarda recebeu apoio da Polícia Militar durante a ação. A ocorrência segue em andamento na Delegacia Regional de Vitória.

O homem que foi baleado usa uma tornozeleira eletrônica e está no hospital. Já os outros suspeitos foram levados para a delegacia. Um deles, de 17 anos, segundo agentes da Guarda, tem uma extensa ficha criminal, com passagens na polícia por tentativa de homicídio e assalto a mão armada.

Ocorrência policial assustou moradores da Reta da Penha

O caso aconteceu na manhã desta quarta-feira (28)
Perseguição assustou moradores da Praia do Canto. Internauta
O caso aconteceu na manhã desta quarta-feira (28)
Perseguição assustou moradores da Praia do Canto. Internauta
O caso aconteceu na manhã desta quarta-feira (28)
Perseguição assustou moradores da Praia do Canto. Internauta
Perseguição assustou moradores da Praia do Canto
Perseguição assustou moradores da Praia do Canto
Perseguição assustou moradores da Praia do Canto

A Gazeta integra o

Saiba mais
Vitória (ES) Polícia Militar crime guarda municipal

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.