ASSINE

Padrasto é preso por abusar de enteada de 10 anos em Marataízes

Companheira do suspeito denunciou caso à polícia nesta terça-feira (16), depois que a filha relatou o abuso. Suspeito foi autuado em flagrante

Cachoeiro de Itapemirim / Rede Gazeta
Publicado em 16/03/2021 às 18h13
Marataízes, Litoral Sul do Estado
Marataízes, Litoral Sul do Estado. Crédito: Divulgação/PMM

Um homem de 32 anos foi preso na madrugada desta terça-feira (16), suspeito de ter abusado sexualmente da enteada de 10 anos, em Marataízes, Litoral Sul do Espírito Santo. Foi a companheira do suspeito que fez a denuncia à Polícia Militar depois que a filha relatou o abuso.

Segundo informações da Polícia Militar, o crime aconteceu no bairro Acapulco. No local, os militares entraram em contato com a mãe da vítima, que contou ter notado um comportamento estranho do seu companheiro com a sua filha, presenteando a menina com sorvetes, doces e um celular.

Durante a tarde de segunda-feira (15), a mulher contou que o companheiro e a filha saíram para comprar sorvete e, percebendo a demora do retorno, foi atrás deles. A mãe da vítima encontrou os dois saindo de um terreno baldio.

O companheiro contou que estava no local com a criança, pois havia ido atrás de um gato. Ao chegar em casa, a mulher percebeu que sua filha estava estranha e, quando foi questionada, a vítima acabou contando que o padrasto tentou violentá-la sexualmente e a machucou. O suspeito foi encaminhado à 9ª Delegacia Regional de plantão, em Itapemirim.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável na forma continuada e foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória de Cachoeiro de Itapemirim.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Marataízes Polícia Civil Polícia Militar Abuso sexual Estupro de vulnerável

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.