ASSINE

Operação Silêncio: 91 condutores de motos barulhentas são autuados

As autuações foram feitas durante as cinco vezes em que a operação ocorreu no mês de maio. Objetivo é fiscalizar motociclistas que usam descargas livres, que emitem sons acima do permitido pela legislação

Rede Gazeta
Publicado em 10/06/2021 às 10h37
Condutores de motos barulhentas são autuados em Linhares. Crédito: Divulgação
Condutores de motos barulhentas são autuados em Linhares. Crédito: Divulgação

Condutores de motos barulhentas foram autuados em Linhares, no Norte do Espírito Santo, por adulteração do escapamento. A Operação Silêncio visa fiscalizar motociclistas que usam descargas livres, conhecidas como Kadron, que emitem sons acima do permitido pela legislação.

De acordo com a Prefeitura de Linhares, 91 motociclistas foram autuados durante as cinco vezes em que a operação ocorreu no mês de maio. As ações aconteceram em pontos estratégicos da cidade e se somaram às ações intensificadas da Guarda Municipal, por conta da campanha "Maio Amarelo".

“Durante o mês de maio foram intensificadas as operações da Guarda Civil Municipal, visando o aumento do policiamento nas ruas de Linhares, em parceria com o Detro (Departamento de Trânsito). O intuito das operações foi inibir vários tipos de crimes e promover um trânsito mais seguro”, destaca a agente da Guarda Civil Leia Rocha.

Segundo a Secretaria Municipal de Segurança, apesar de ser considerada infração grave, conforme o artigo 230, inciso VII do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o uso do acessório Kadron tem se tornado comum entre os motociclistas de Linhares.

A penalidade por escapamento barulhento é de multa de natureza grave, no valor de R$ 195,23, cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e retenção do veículo até que o proprietário faça a regularização do equipamento.

A prática, além de promover a perturbação do sossego público, é considerada nociva à saúde da população, pois pode causar alterações na estrutura interna do aparelho auditivo por emitir barulho excessivo, bem como lançar maior volume de gás carbônico na atmosfera.

A Operação Silêncio foi conduzida pela Secretaria Municipal de Segurança Pública, por meio do Departamento de Trânsito (Detro) e da Guarda Civil Municipal (GCM).

Linhares linhares motocicleta ES Norte

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.