ASSINE

Mulher é morta a tiros com a filha no colo em Baixo Guandu

Fabiele Santos Matos, de 29 anos, havia levado a filha pequena para o médico e voltava para casa quando foi atingida por disparos nesta quarta-feira (6)

Colatina
Publicado em 06/07/2022 às 16h45
Atualizado em 06/07/2022 às 20h28
Fabiele Santos Matos, assassinada em Baixo Guandu
Fabiele Santos Matos foi assassinada em Baixo Guandu. Crédito: Acervo pessoal

Uma mulher de 29 anos foi morta a tiros no meio da rua no bairro Rosário II, em Baixo Guandu, no Noroeste do Espírito Santo, no final da manhã desta quarta-feira (6). Fabiele Santos Matos tinha a filha de três anos no colo quando o crime aconteceu. Ela estava retornando de Colatina, onde havia levado a criança ao médico, quando foi atingida por disparos de um suspeito que estava de carro. A menina não se feriu.

A irmã da vítima, Letícia Santos Teixeira Santoni, contou para o repórter Cristian Miranda, da TV Gazeta Noroeste, que viu Fabiele momentos antes do crime, já que elas seguiram para a casa onde moravam, depois de a vítima parar com a filha em uma lanchonete para comprar um lanche.

Letícia Santos Teixeira Santoni

Irmã da vítima

"Eu passei por ela e, quando eu estava chegando do lado de cá da vila, ouvi vários disparos. Quando voltei, ela já estava no chão. Ela estava com a filha no colo, que é deficiente, e eles chegaram atirando"

Moradores do bairro chegaram a socorrer a mulher e a levá-la para o pronto-socorro do município, mas ela não resistiu aos ferimentos. A Polícia Militar informou que a vítima foi atingida por quatro tiros.

Fabiele Santos Matos andava nessa rua, no bairro Rosário II, com a filha de três anos no colo quando o crime aconteceu.
Fabiele Santos Matos andava nessa rua, no bairro Rosário II, com a filha de três anos no colo quando o crime aconteceu. Crédito: Cristian Miranda

Testemunhas informaram para os militares que pelo menos dois homens estavam no carro — um Fiat Palio Weekend, de cor branca. Os policiais fizeram buscas na região, mas nenhum suspeito foi localizado.

Para a reportagem da TV Gazeta Noroeste, a Polícia Civil informou que o caso é investigado como homicídio e destacou que diligências estão sendo realizadas para apurar mais informações sobre o crime.

Atualização

6 de Julho de 2022 às 20:28

A Polícia Militar informou que a vítima levou quatro tiros e deu detalhes sobre o caso. O texto foi atualizado.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.