ASSINE

Mulher e ex-namorado são encontrados mortos dentro de casa em Águia Branca

O caso ocorreu na noite desta segunda-feira (25). Uma das vítimas foi identificada como Jamila Ferreira, de 35 anos. Ela morava em na cidade de Barra de São Francisco

Linhares
Publicado em 26/10/2021 às 11h44
Jamila Ferreira, de 35 anos, foi encontrada morta dentro da casa em Águia Branca. Crédito: Reprodução redes sociais / Montagem A Gazeta
Jamila Ferreira, de 35 anos, foi encontrada morta dentro da casa em Águia Branca. Crédito: Reprodução redes sociais / Montagem A Gazeta

Uma mulher e o ex-namorado foram encontrados mortos com marcas de tiro dentro de casa, na comunidade de Águas Claras no interior de Águia Branca, na região Noroeste do Espírito Santo. O caso ocorreu na noite desta segunda-feira (25). Uma das vítimas foi identificada como Jamila Ferreira, de 35 anos. Ela morava em Barra de São Francisco, também na região Noroeste. O homem não teve a identidade informada pela polícia.

Os corpos das vítimas foram encaminhados para o Serviço Médico Legal (SML) de Colatina, para serem liberados aos familiares e também ser feito o exame cadavérico, que apontará a causa da morte.

CASAL OUVIU OS DISPAROS

Polícia Militar foi acionada e constatou, no local, um homem e uma mulher mortos no interior de uma casa, ambos com perfurações de arma de fogo. Ao verificarem o que teria acontecido, os policiais foram informados que outro casal havia se trancado em um dos quartos da casa ao perceber a ação dos criminosos.

Posteriormente, os dois informaram que ao ouvirem os disparos ficaram em silêncio e só saíram do cômodo quando perceberam que os indivíduos haviam ido embora. Eles então  correram e foram para casa de um vizinho pedir ajuda. O casal não soube passar informações sobre os autores do crime.

MULHER ERA DE BARRA DE SÃO FRANCISCO

A reportagem da TV Gazeta Noroeste esteve no SML de Colatina na manhã desta terça-feira (26). Em conversa com o repórter Alessandro Bacheti, o irmão da mulher morta disse que a familiar era de Barra de São Francisco e não soube informar o que estaria fazendo em Águia Branca

INVESTIGAÇÃO

Por nota, enviada na manhã desta terça-feira (26), a Polícia Civil informou que o caso seguirá sob investigação da Delegacia de Polícia de Águia Branca, e que diligências ainda são realizadas.

"A Polícia Civil destaca que a população tem um papel importante nas investigações e pode contribuir com informações de forma anônima através do Disque-Denúncia 181, que também possui um site onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas, o disquedenuncia181.es.gov.br. O anonimato é garantido e todas as informações fornecidas são investigadas", finaliza o texto.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Águia Branca ES Norte

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.