ASSINE

Morte em lagoa: perícia não encontra marca de tiro em corpo de jovem

Moradores da região suspeitavam que Henrique Lemos de Oliveira pudesse ter sido alvejado pela polícia durante a ocorrência, mas a hipótese foi descartada pelo delegado Fabrício Lucindo

Rede Gazeta
Publicado em 10/06/2021 às 12h45
Jovem desaparece em lagoa ao fugir da polícia em Linhares
Jovem morreu em lagoa ao fugir da polícia em Linhares. Crédito: Caio Dias

A perícia da Polícia Civil não encontrou marca de tiro no corpo do jovem localizado em uma lagoa do bairro Interlagos, em Linhares, Norte do Espírito Santo. Henrique Lemos de Oliveira, de 18 anos, entrou na água para fugir de uma abordagem policial e desapareceu no fim da manhã de quarta-feira (9).

Havia uma suspeita de moradores da região de que o jovem pudesse ter sido alvejado. Segundo informações da polícia, ele e um adolescente de 17 anos teriam atirado contra os policiais. Mas a hipótese de Henrique Lemos ter sido baleado foi descartada pelo titular da 16ª Delegacia Regional de Linhares, delegado Fabrício Lucindo.

“O rapaz não foi baleado. Ele e um outro estavam traficando na região do bairro Interlagos. Na ocorrência, a Polícia Militar acabou perseguindo os dois. Eles pularam vários muros, se lançaram na lagoa. Havia uma suspeita inicial, porque eles atiraram contra a guarnição da Polícia Militar, e os policiais militares acabaram atirando contra eles também, mas nenhum disparo alvejou a vítima. E ele morreu por afogamento, constatado pela perícia da Polícia Civil”, afirmou.

O jovem estava acompanhado de um adolescente de 17 anos. O menor foi resgatado pela Polícia Militar e encaminhado à delegacia. Ele irá responder por fato análogo ao crime de tráfico de entorpecentes. Com o menor, foram encontradas 24 buchas de maconha, além de R$ 30 em dinheiro.

Jovem desaparece em lagoa ao fugir da polícia em Linhares
Jovem desaparece em lagoa ao fugir da polícia em Linhares. Crédito: Caio Dias

O CASO

No fim da manhã de quarta-feira (9), a Polícia Militar perseguiu o jovem e um menor de 17 anos no bairro Interlagos, em Linhares. Os policiais afirmaram que os dois estavam traficando.

Durante a perseguição, os dois pularam na lagoa. O de 17 anos foi resgatado pela PM, mas Henrique desapareceu na água. Uma equipe de mergulhadores do Corpo de Bombeiros, vindos de Vitória, esteve no local e ajudou a localizar o corpo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.