ASSINE

Morre tio agredido com marretadas pelo sobrinho em Cariacica

Caso aconteceu na noite deste sábado (11) no bairro Jardim Campo Grande. Tio ficou internado desde o dia do crime e morreu no hospital

Tempo de leitura: 2min
Martelo usado por Geovane para realizar as agressões
Objeto usado por Geovane para realizar as agressões. Crédito: Reprodução/TV Gazeta

Um crime brutal revoltou moradores do bairro Jardim Campo Grande, em Cariacica, no último sábado (11). Um homem, identificado como Geovane Régis, de 29 anos, agrediu os parentes com faca e marreta. Tudo isso por ciúmes da mulher. Um dos feridos, o tio, de 52 anos, morreu no hospital. 

Segundo apurações da TV Gazeta, os parentes estavam reunidos em um casa da região, aproveitando o dia e bebendo, como costumam fazer aos finais de semana. No local, estavam Geovane, a mãe, a mulher dele, o tio, um primo e uma prima.

Em determinado momento, o suspeito, durante uma discussão por ciúmes da mulher, pegou uma faca e uma marreta e tentou matar o tio, de 52 anos, e o primo, de 43. De acordo com a polícia, durante a confusão, o criminoso também esfaqueou a mulher.

Uma moradora do bairro, que por medo preferiu não se identificar, disse que o homem é uma pessoa violenta e sempre que bebe e usa drogas costuma arrumar problemas e agredir as pessoas. "Ele bate, espancada para matar", afirmou. Ainda segundo vizinhos, o suspeito tem histórico de bater nas ex-companheiras e até mesmo na própria mãe.

A reportagem da TV Gazeta tentou falar com a mãe do suspeito, porém não teve sucesso. Isso porque, a mulher preferiu não falar com a equipe.

HOMEM NÃO FOI ENCONTRADO

Após o crime, Geovane fugiu. Moradores da região ficaram revoltados com o ocorrido e foram até a casa em que ele mora com a mulher - cerca de 100 metros de distância do local do crime. Lá, destruíram o carro dele na garagem e arrombaram a porta, adentrando e deixando a casa toda revirada.

Na manhã de domingo (13), a Polícia Militar e a Polícia Civil se deslocaram até a região para procurar o suspeito. Apesar disso, ele não foi encontrado. 

FERIDOS

O tio e o primo, que sofreram o ataque, foram socorridos pelos parentes e levados para o Pronto Atendimento de Alto Lage, em Cariacica. Devido à gravidade dos ferimentos, o tio chegou a ser transferido para a UTI do Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), em Vitória, mas não resistiu e morreu. Já o primo ferido, teve alta e passa bem.

Como o suspeito esfaqueou a própria esposa, o crime também será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção a Mulher (DHPM). Até o momento, Geovane não foi localizado.

DENÚNCIA

A polícia pede para que, caso alguém tenha conhecimento do fato, denuncie através do Disque-Denúncia 181 ou pelo site disquedenuncia181.es.gov.br.

Com informações de Carol Monteiro, da TV Gazeta

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.