Médico é obrigado a pagar fiança após morte de homem que invadiu apartamento

A Polícia Civil informou que o morador do apartamento foi conduzido à Delegacia Regional de Vitória, onde foi autuado por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar

Publicado em 26/03/2020 às 12h47
Atualizado em 26/03/2020 às 12h54
Invasor é morto após tentar entrar em apartamento na Praia do Canto
Invasor é morto após tentar entrar em apartamento na Praia do Canto. Crédito: Reprodução

O morador que lutou e acabou matando um homem que tentou invadir o apartamento da família dele na Praia do Canto, em Vitória, na noite desta quarta-feira (25), foi autuado pela polícia por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar. Após prestar depoimento, o morador, que é médico, pagou uma fiança de R$ 800 e foi liberado.

Em nota, a Polícia Civil informa que o morador do apartamento foi conduzido à Delegacia Regional de Vitória, onde, após os procedimentos apuratórios, foi autuado por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar, mas tão somente de defender a própria integridade física e da família. Ele foi liberado após pagamento de fiança.

O CASO

Uma família viveu momentos de pânico e horror dentro de um apartamento localizado na Rua Madeira de Freitas, na Praia do Canto, em Vitória, na noite desta quarta-feira (25). Por volta das 22h30, após ser impedido pelo porteiro de invadir o prédio, um homem, que andava alterado pelas ruas do bairro, deixou na calçada uma camisa e um boné e escalou o muro de um prédio vizinho para ter acesso ao condomínio de apartamentos.

Ao entrar na área do condomínio, o homem escalou o prédio e teve acesso à varanda do primeiro andar. No apartamento estava o morador, a esposa e as filhas, que foram alertados, aos gritos de vizinhos, que  invasor  ameaçava entrar no imóvel.

Os moradores, então, tentaram impedir a entrada do invasor no apartamento. O homem tentou escapar indo em direção à varanda do segundo andar, mas foi segurado pelas pernas, momento em que desceu e entrou na varanda do primeiro andar após lutar com a família.

Segundo a polícia, após a luta corporal, o invasor foi morto com um golpe de faca no peito. Peritos e também policiais da DHPP estiveram no prédio e recolheram algumas imagens que mostram o momento que o homem invadiu o condomínio.

No muro do prédio vizinho ficaram as marcas de sangue do suspeito. Por causa disso, a polícia acredita que ele estava ferido antes de entrar no prédio.

Por volta da meia-noite, o corpo do homem, ainda sem identificação, foi tirado do apartamento e encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória. 

Com informações de Tiago Félix, da TV Gazeta

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.