ASSINE

Maus-tratos em Guaçuí: égua morre após ser amarrada em roda de carro

Após denúncia, a égua foi encontrada pela polícia amarrada à roda de um veículo com escoriações e sintomas de convulsão. Dono vai responder pelo crime em liberdade

Cachoeiro de Itapemirim / Rede Gazeta
Publicado em 20/04/2021 às 17h05
ÉGUA
Na noite de segunda (19), animal foi resgatado em córrego pelos bombeiros. Crédito: Divulgação/ CB

O dono de uma égua foi levado para a Delegacia de Guaçuí, na Região do Caparaó, depois de uma denúncia anônima de maus-tratos ao animal na manhã desta terça-feira (20). A égua foi encontrada amarrado à roda de um veículo e muito debilitada. A Polícia Militar Ambiental foi ao local e acionou ajuda, mas o animal acabou morrendo.

A polícia informou que foi acionada para atendimento à ocorrência no bairro Vale do Sol através de denúncia anônima. A PM Ambiental foi ao local com a Vigilância Sanitária e encontrou uma égua deitada e amarrada à roda de um carro. Havia sangue espalhado pelo chão e o animal apresentava diversas escoriações visíveis e sintomas de convulsão. Imagens da égua ainda viva foram registradas. Atenção, o vídeo a seguir possui imagens fortes.

O médico veterinário da Vigilância Sanitária da Prefeitura de Guaçuí esteve presente durante a ação da Polícia Militar Ambiental e constatou que o animal sofreu maus-tratos. O proprietário da égua foi identificado e levado para a delegacia de Guaçuí.

A polícia informou que as práticas se enquadram como crime ambiental e orienta que qualquer denúncia ambiental pode ser realizada de forma anônima, através do site eletrônico disquedenuncia181.es.gov.br ou pelo telefone 181.

Segundo a Polícia Civil,  o dono do animal, um homem de 58 anos, foi autuado e responderá por maus-tratos do animal com o aumento de pena do resultado morte. Em virtude da pena máxima prevista (1 ano e 4 meses), ele assinou um Termo Circunstanciado (TC) e foi liberado para responder ao processo em liberdade.

Ele contou que quando adquiriu o animal, a égua já estava desnutrida e não tinha um local coberto para mantê-la. Com a chuva desta segunda-feira (19), o animal – que estava preso em uma árvore – caiu em um córrego que ficava ao lado do local.

Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado. Após demorado e cuidadoso resgate, conseguiu retirar o animal da água. Os militares colocaram duas mantas térmicas sobre a égua e orientaram o proprietário a procurar os cuidados de um veterinário ou similar para avaliar e auxiliar a recuperação do animal, que se encontrava debilitado.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Guaçuí Polícia Civil Polícia Ambiental

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.