ASSINE

Jovem suspeito de matar ex-namorada de 14 anos é preso em Linhares

Joelson Silva de Souza, de 18 anos, é apontado como executor de Ana Clara Amorim; crime ocorreu  à tarde e ele foi preso na noite desta sexta-feira (5)

Tempo de leitura: 2min
Colatina
Publicado em 05/08/2022 às 20h46
Polícia prendeu Joelson Silva de Souza, de 18 anos, suspeito de matar a tiros a ex-namorada Ana Clara Amorim, de 14 anos
Polícia prendeu Joelson Silva de Souza, de 18 anos, suspeito de matar a tiros a ex-namorada Ana Clara Amorim. Crédito: Polícia Civil | Acervo pessoal

A polícia prendeu Joelson Silva de Souza, de 18 anos, suspeito de matar a tiros a ex-namorada Ana Clara Amorim, de 14 anos, na tarde desta sexta-feira (5), em Linhares, no Norte do Espírito Santo. O rapaz, segundo a polícia, não teria aceitado o término do relacionamento e passou a ameaçar a adolescente.

De acordo com a Polícia Civil, ele foi preso em flagrante no distrito de Bebedouro, no município, pelo crime de feminicídio, e pode responder ainda por estupro de vulnerável.

CHEGADA À DELEGACIA

A prisão ocorreu durante a noite de sexta-feira (5) em uma operação entre as Polícias Civis de Linhares, Sooretama e Rio Bananal, que faziam buscas para localizá-lo. A adolescente foi assassinada com três disparos por volta das 13 horas, quando saiu de casa para ir a um mercado próximo, no bairro Interlagos. Ana Clara chegou a ser socorrida para o Hospital Rio Doce, mas não resistiu aos ferimentos.

Para o repórter Lian Lucas, da TV Gazeta Norte, uma tia e uma prima de Ana Clara, que preferiram não ser identificadas, informaram que o relacionamento do casal era conturbado. A adolescente chegou a morar com o namorado e foi agredida por ele. Após o término, Joelson passou a ameaçá-la.

Em nota neste sábado (6), a Polícia Civil informou que o suspeito foi conduzido à Delegacia Regional de Linhares, autuado em flagrante por feminicidio e encaminhado nesta manhã à Penitenciária Regional de Linhares. A audiência de custódia está marcada para o domingo (7), às 10 horas, na Penitenciária Regional de São Mateus.

O delegado Fabrício Lucindo, da 16 ª Delegacia Regional em Linhares, explicou que além do crime de feminicídio, ou seja, homicídio praticado contra a mulher em decorrência do fato de ela ser mulher, Joelson pode responder também por estupro de vulnerável, já que o relacionamento entre o suspeito e adolescente começou quando ela tinha menos de 14 anos.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.