ASSINE

Jovem suspeita de matar namorado em Pinheiros é presa na Bahia

O crime ocorreu no dia 23 de maio e o corpo só foi encontrado no dia seguinte. Segundo delegado, o assassinato teria sido motivado por ciúmes

Linhares
Publicado em 12/08/2021 às 09h48
Jovem de 22 suspeita de assassinar namorado em Pinheiros é presa na Bahia. Crédito: Polícia Civil
Jovem de 22 suspeita de assassinar namorado em Pinheiros é presa na Bahia. Crédito: Polícia Civil

Uma jovem de 22 anos, suspeita de ter assassinado o namorado Walter Santos de Souza, de 35 anos, na noite do dia 23 de maio, foi presa em Itabela, no Estado da Bahia. O crime ocorreu no bairro Residencial Pinheiros, no município de Pinheiros, no Norte do Espírito Santo. O corpo da vítima só foi localizado na tarde do dia seguinte.

A prisão foi realizada no final da tarde desta quarta-feira (11), em um edifício no Centro de de Itabela, pela Polícia Civil da Bahia (PCBA), devido ao intercâmbio de informações com a Delegacia de Polícia (DP) de Pinheiros.

Segundo o titular da Delegacia de Polícia de Pinheiros, delegado Leonardo Ávila, a vítima foi assassinada com uma facada no peito no interior de sua residência após uma desavença entre o casal.

“O corpo da vítima só foi encontrado na tarde do dia seguinte por seus familiares. O crime chocou familiares e amigos da vítima, que era bastante querida no bairro. A motivação do crime seria ciúmes", contou.

Ainda segundo o delegado, após cometer o crime, a suspeita fugiu para a Bahia, onde passou a ser monitorada pelos policiais civis daquela cidade.

“Com a representação feita pela expedição de mandado de prisão preventiva realizada pela nossa equipe da Polícia Civil (PCES) e acatada pela Justiça, o mandado foi cumprido, nesta quarta-feira, pelos policiais civis baianos”, relatou Leonardo Ávila.

A investigada foi presa na Delegacia de Itabela e encaminhada para o presídio local até ser transferida para um presídio no Espírito Santo.

RELEMBRE O CASO

Um homem, identificado como Walter Santos de Souza, de 35 anos, foi encontrado morto e esfaqueado dentro de casa em um residencial de Pinheiros, no Norte do Espírito Santo. Testemunhas relataram à Polícia Militar que ele teria tido um desentendimento com a namorada, de 22 anos, na noite anterior.

Familiares de Walter estiveram no local e o encontraram no quarto, em cima de uma cama e sem vida. A perícia da Polícia Civil foi acionada e constatou uma perfuração proveniente de faca na região do peito esquerdo de Walter.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). Na época do crime, de acordo com informações da Polícia Militar, agentes do Serviço de Inteligência realizaram contato telefônico com a companheira de Walter, suspeita do crime. Nesse contato, ela confessou o delito, afirmou que já estava fora do município e que não se entregaria à Justiça.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.