ASSINE

Jovem é preso suspeito de espancar mulher grávida em Conceição do Castelo

Segundo a Polícia Civil, a jovem foi encaminhada a um hospital da cidade devido ao estado de saúde dela – que não foi informado – e ao risco de aborto

Tempo de leitura: 2min
Publicado em 31/01/2022 às 19h42

Um jovem de 18 anos foi preso suspeito de ter espancado a companheira de 19 anos, grávida de aproximadamente quatro semanas. Segundo a Polícia Civil, além da agredir a vítima, ele também teria destruído móveis e eletrodomésticos da residência do casal. Fato aconteceu em Conceição do Castelo, na Região Serrana do Estado, na noite do último sábado (29).

Policia Civil
Segundo a Polícia Civil, o crime e a prisão ocorreram na cidade de Conceição do Castelo. Crédito: Ricardo Medeiros

Equipes das Delegacias Especializadas de Narcóticos (Denarc) e de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Venda Nova do Imigrante realizaram a prisão do suspeito. O titular das duas unidades, delegado Alberto Roque Peres, explicou o ocorrido.

Alberto Roque Peres

Delegado titular da DHPP e da Denarc de Venda Nova do Imigrante

"A equipe se preparava para iniciar o serviço quando uma jovem, grávida, adentrou a Delegacia Regional de Venda Nova do Imigrante toda machucada, alegando ter sido agredida pelo companheiro. Ela veio até a delegacia pedir socorro e, imediatamente, os policiais a atenderam"

A Polícia Civil informou que a equipe foi até Conceição do Castelo, realizou diligências e encontrou o suspeito na casa da mãe dele. Os policiais também fizeram buscas na residência do casal e constataram que os móveis e eletrodomésticos da vítima estavam todos danificados.

Ainda segundo a Polícia Civil, levantamentos apontaram que o detido agrediu a companheira porque queria que ela abortasse a gestação. O desentendimento teria começado quando a vítima jogou fora entorpecentes que pertenciam ao suspeito.

O homem foi autuado em flagrante pelos crimes de lesão corporal, ameaça na forma da Lei Maria da Penha e dano qualificado, e conduzido ao Centro de Triagem de Viana (CTV). Já a jovem de 19 anos foi encaminhada a um hospital da cidade devido ao estado de saúde dela – que não foi informado – e ao risco de aborto, concluiu a polícia.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.