ASSINE

Casal desaparecido: corpo de mulher é encontrado em Conceição do Castelo

Adriana Torrente Moreira foi achada morta próximo ao local onde corpo do ex-companheiro foi encontrado. Os dois estavam desaparecidos desde a última quarta-feira (29)

Colatina
Publicado em 03/10/2021 às 18h57
Brás Moreira Rodrigues, de 45 anos, e Adriana Torrente Moreira, de 39 anos
Brás Moreira Rodrigues, de 45 anos, e Adriana Torrente Moreira, de 39 anos. Crédito: Familiares

O corpo de Adriana Torrente Moreira, de 39 anos, foi localizado na tarde deste domingo (3) por moradores da região dentro de um córrego na zona rural de Conceição do Castelo, Região Serrana do Espírito Santo. Ela e o ex-companheiro Brás Moreira Rodrigues, de 45 anos, estavam desaparecidos desde a última quarta-feira (29).

Braz foi encontrado morto, na noite de sexta-feira (1º). O corpo de Adriana foi achado próximo ao local. Segundo informações dos moradores, o corpo estava em estado de putrefação. 

Os dois corpos foram encontrados dentro de uma propriedade particular, na localidade de Barro Branco, interior de Conceição do Castelo. O de Brás estava próximo ao carro dele, onde foram achados dois celulares, tanto do Brás como de Adriana. Já o corpo de Adriana foi encontrado dentro de um córrego, no meio de plantação de café da propriedade.

 Para o repórter Gustavo Ribeiro da TV Gazeta Sul, o delegado da Polícia Civil que investiga o caso, Carlos Henrique Simões, confirmou que o corpo encontrado é de Adriana. 

Para a reportagem da TV Gazeta Sul, a PC afirmou que o casal tinha um histórico de desentendimentos e estava separado há um mês. O caso agora será tratado como feminicídio, seguido de suicídio.

Familiares que conversaram com a reportagem de A Gazeta, disseram que o casal estava em processo de separação, após um casamento de 22 anos. De acordo com as informações passadas por parentes deles, imagens de videomonitoramento mostraram Adriana próxima ao carro de Brás na noite de quarta-feira (29), e, em seguida, os dois sumiram.

Por nota, a Polícia Civil informou que o corpo foi encaminhado ao Serviço Médico Legal (SML) de Cachoeiro de Itapemirim, para ser identificado e para ser feito o exame cadavérico, que irá identificar a causa da morte. O procedimento foi encaminhado para a Delegacia de Polícia de Conceição do Castelo que aguarda o resultado dos exames.

*Com informações de Gustavo Ribeiro, da TV Gazeta Sul

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.