ASSINE

Impedido de vender geladeira, homem coloca fogo em casa com esposa dentro no ES

A mulher contou que companheiro preso queria vender a geladeira da casa para comprar crack. Ao ser contrariado, ele decidiu colocar fogo no imóvel

Publicado em 24/11/2021 às 13h30
Gutierrez Alves de Almeida, de 27 anos, foi preso após incendiar a casa com esposa dentro
Gutierrez Alves de Almeida, de 27 anos, foi preso após incendiar a casa com esposa dentro. Crédito: Rodrigo Gomes

Um homem identificado como Gutierrez Alves de Almeida, de 27 anos, foi preso em Bandeirantes, Cariacica, depois de incendiar a casa com a esposa dentro porque ela não deixou ele vender a geladeira para comprar crack.

Na delegacia, o homem admitiu que é usuário de drogas e confessou o crime. "Eu tentei mesmo. Foi uma maneira de coagir ela. A gente estava em uma briga de casal porque eu estava querendo vender uma parada minha lá para usar droga", disse.

A companheira do homem preso, uma balconista de 26 anos, disse que conseguiu apagar as chamas e pedir socorro, sem se ferir. Além da geladeira, a mulher disse que o marido também queria vender o celular dela.

A Polícia Militar foi acionada e Gutierrez foi preso. De acordo com a balconista, os dois estavam juntos há oito anos. Há tempos ela já sabia que o marido usava cocaína. Mas, há dois anos, o homem passou a usar crack e ficou agressivo.

A balconista contou que enquanto Gutierrez trabalhava como motoboy, ele comprava drogas com o próprio dinheiro. Mas, depois que perdeu o emprego, passou a exigir dinheiro dela e pegar coisas de dentro de casa para vender.

As filhas do casal, de dez e quatro anos de idade, passaram a morar com a mãe da balconista por causa do comportamento agressivo do homem.

Gutierrez disse que seria a última vez que iria usar crack, mas a balconista disse já ouviu a mesma história outras vezes.

"Ano passado ele parou e ficou praticamente um ano (sem usar drogas). Depois, veio a recaída e piorou", contou.

Apesar de chamar a polícia e de pedir medida protetiva, a mulher diz que retomaria o relacionamento caso o marido parasse de usar drogas.

A Polícia Civil informou que Gutierrez foi autuado em flagrante pelo crime de ameaça e encaminhado ao Centro de Triagem de Viana (CTV).

Com informações de Daniela Carla, da TV Gazeta

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.