ASSINE

Idoso morre após ser brutalmente agredido pelo filho em Cariacica

Agressão ocorreu na última segunda-feira (22). Idoso de 66 anos levou socos, chutes e até pauladas. Ferido, ele apenas foi levado ao hospital neste sábado (27), mas não resistiu e morreu no dia seguinte

Tempo de leitura: 2min
Publicado em 29/11/2021 às 10h13
Polícia
O homem que agrediu o pai foi detido neste domingo (29), porém foi logo liberado . Crédito: Divulgação

Um idoso de 66 anos morreu  após ser brutalmente agredido pelo próprio filho, de 45 anos, no bairro Bela Vista, em Cariacica.  As agressões aconteceram na última segunda-feira (22), porém a vítima morreu neste domingo (28), no Hospital Estadual de Urgência e Emergência (São Lucas), em Vitória, onde havia dado entrada na último sábado (27), após ser levado por familiares.

De acordo com a reportagem da TV Gazeta, o filho do idoso é usuário de drogas. Policiais que investigam o crime relataram que o filho foi até a casa do pai, na última segunda-feira,  e tentou pegar uma galinha. Com a recusa do pai, o homem passou a agredir a vítima com socos, chutes e pauladas. Segundo a polícia, não foi a primeira vez que o agressor tentou roubar bens da família para sustentar o próprio vício.

Mesmo muito ferido, o idoso não procurou atendimento médico. Com as dores e ferimentos se agravando, somente no sábado familiares o levaram ao hospital, porém o quadro havia piorado e a vítima acabou falecendo um dia depois.

PRISÃO RÁPIDA

Inicialmente, o caso foi registrado na polícia como lesão corporal, porém, neste domingo, o filho agressor acabou preso por investigadores da Polícia Civil, como aparece no vídeo abaixo registrado por câmeras de segurança de um local próximo ao endereço onde o homem de 45 anos foi detido e colocado na viatura.

Homem que matou o próprio pai é preso em Cariacica

A prisão do agressor, contudo, foi curta. Por não haver um mandado de prisão, ele acabou liberado. Por ter apanhado de vizinhos, o acusado também precisou receber atendimento médico.

RESPOSTA DA POLÍCIA CIVIL

Em nota, a Polícia Civil informou que o caso foi registrado como lesão corporal seguida de morte. Neste domingo (28), após ter ciência do óbito, a equipe do plantão do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), foi até o local do fato e localizou o suspeito, que foi encaminhado ao DHPP.

Durante as oitivas, ele informou que na última segunda-feira (22), teve um desentendimento com a vítima, sendo que ambas entraram em vias de fato. No sábado (27), a vítima disse que estava sentindo muitas dores e, por isso, foi socorrida ao Hospital Estadual de Urgência e Emergência, evoluindo a óbito na data de hoje (domingo). O corpo foi encaminhado ao Departamento Médico Legal (DML) de Vitória para ser necropsiado e, posteriormente, liberado para a família.

O suspeito estava machucado, alegando que sofreu agressões de pessoas do bairro. Devido a isto e por não estar em estado flagrancial, ele foi liberado para receber o tratamento médico. O procedimento será encaminhado à Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cariacica, que será responsável pelas investigações.

Com informações de Daniela Carla, da TV Gazeta

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.