> >
Homem sequestra idoso e dá cavalo de pau com carro roubado no ES; vídeo

Homem sequestra idoso e dá cavalo de pau com carro roubado no ES; vídeo

Vítima de 66 anos acordou com o suspeito batendo no portão de casa às 4h e foi surpreendido com o anúncio de assalto, sendo obrigado a entrar no carro e sair com o criminoso

Publicado em 14 de maio de 2024 às 13:32- Atualizado há 12 dias

Ícone - Tempo de Leitura 2min de leitura

Um homem de 66 anos teve o carro roubado no Centro de Nova Venécia, no Noroeste do Espírito Santo, e foi sequestrado pelo criminoso na madrugada desta terça-feira (14). Segundo a Polícia Militar, a vítima relatou que o indivíduo seria um morador em situação de rua, que o obrigou a sacar dinheiro e comprar drogas para ele. O idoso conseguiu fugir, mas o suspeito continuou com o veículo, realizando manobras perigosas pela cidade, e se envolveu em uma perseguição com a PM. Ele acabou detido.

A reportagem de A Gazeta teve acesso a imagens que mostram o carro dando um “cavalo de pau” após passar por um ônibus, em uma avenida movimentada da cidade. Por sorte, não há registro de pessoas feridas.

Segundo a PM, a vítima relatou que tudo começou por volta das 4h da madrugada, quando o indivíduo chegou batendo no portão da casa da vítima. Ao abrir o portão, o idoso foi rendido e o suspeito pegou o carro, um Toyota Corolla branco, e exigiu que o dono do veículo entrasse no banco de trás. Não foi informado pela polícia se o suspeito estava armado. 

Logo depois, conforme a vítima relatou aos policiais, o suspeito ordenou que o idoso retirasse R$ 100 de um caixa 24h, e foi até o bairro Bonfim, onde obrigou o senhor a comprar drogas. Neste momento, o idoso disse que teve a oportunidade de abrir a porta do carro e saiu correndo para se salvar. O criminoso fugiu do local com o carro.

Para localizar o Toyota Corolla, os policiais criaram um alerta para que as equipes da região ficassem atentas e foi possível alcançar o carro e o suspeito já em São Gabriel da Palha, cidade vizinha.

A PM informou que a ocorrência ainda está em andamento. Não foram dados mais detalhes sobre a identidade do suspeito até o momento. A reportagem de A Gazeta também procurou a Polícia Civil para obter mais informações sobre o procedimento adotado, mas não obteve retorno até a publicação desta matéria.

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rapido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta

A Gazeta integra o

The Trust Project
Saiba mais