ASSINE

Homem invade a casa do primo, estupra mulher e faz criança refém no ES

Primo disse à PM que suspeito havia fugido de presídio. Após agredir o homem e a mãe dele, que usa cadeira de rodas, indivíduo teria estuprado a esposa do morador nos fundos da residência

Tempo de leitura: 2min
Publicado em 24/01/2022 às 18h13

Um homem de 33 anos, que é foragido da Justiça, invadiu a casa de seu primo na zona rural de Afonso Cláudio, Região Serrana do Estado, e, após agredir o dono da casa e a mãe dele – que usa cadeira de rodas – estuprou a esposa da vítima. Uma criança de sete anos, filha do casal, chegou a ser feita refém de o suspeito ser preso. 

Segurança - Policial militar
Segundo a Policial Militar, o suspeito tinha um mandado de prisão em aberto. Crédito: Carlos Alberto Silva

Polícia Militar informou que, após ser acionada para verificar uma denúncia de estupro, foi ao Hospital São Vicente de Paulo, no município. No local, um homem relatou à polícia que o primo dele, que é evadido do sistema prisional, entrou na casa em que ele morava e o agrediu. Além dele, a mãe, que usa cadeira de rodas, também foi vítima da agressão.

“Após a agressão, o indivíduo levou a esposa do morador, que estava na casa, para os fundos da residência e a estuprou”, informou a polícia, em nota.

Este vídeo pode te interessar

Segundo relato da vítima à PM, o suspeito portava uma faca e, ao amanhecer, diante do estado de choque e das lesões de sua mãe, ele e a esposa resolveram levá-la ao hospital. No entanto, a família estava sob ameaça do criminoso, que exigiu ficar na casa com uma criança de sete anos, filha do casal. “Ele dizia que se relatasse algo para a polícia, mataria a criança”, comunicou a vítima aos policiais.

ENCONTRO COM A POLÍCIA

Tendo conhecimento da gravidade dos fatos narrados, a equipe da Polícia Militar foi ao local onde a criança estava sendo mantida em cárcere privado. De acordo com a PM, quando percebeu a presença dos militares nos fundos da residência, o indivíduo levou a mão na cintura, onde havia um volume, aparentando ser uma arma de fogo.

Diante da reação do suspeito, a polícia realizou disparos e o homem fugiu. No entanto, o indivíduo sofreu um corte no joelho ao tentar passar por uma cerca de arame farpado e acabou sendo alcançado, imobilizado e algemado pelos policiais. Com ele, foram apreendidas duas facas, que estavam em sua cintura.

A PM encontrou a criança dentro da residência e a resgatou. Contra o suspeito, havia um mandado de prisão em aberto. Ele foi encaminhado para a 11ª Delegacia Regional de Venda Nova do Imigrante, que atende ocorrências da região.

Segundo a Polícia Civil, o conduzido foi autuado em flagrante por cárcere privado e estupro, e encaminhado ao Sistema Prisional.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.