ASSINE

Homem é preso após agredir mulher com chutes e socos em Vila Velha

O agressor ainda tentou chantagear os policiais no momento da prisão, afirmando que seria o dono do bairro Jockey de Itaparica e que poderia "complicar a vida" dos PMs

Vitória
Publicado em 18/10/2021 às 09h07
Polícia
Homem foi preso após agredir mulher com chutes e socos na cabeça em Vila Velha. Crédito: Reprodução/TV Gazeta

Um homem foi preso após agredir uma mulher com chutes e socos no rosto no bairro Jockey de Itaparica, em Vila Velha, na noite deste domingo (17). De acordo com o registro da ocorrência da Polícia Militar, as agressões aconteceram em uma festa, em frente aos presentes no evento e também na casa da vítima. 

De acordo com o registro da PM, o agressor ainda tentou intimidar os militares, afirmando ser "dono" do bairro Jockey, dizendo ser empresário e que poderia "complicar a vida" dos policiais. Ele teria dito à equipe que fornecia comida de forma gratuita para o 4º Batalhão de Polícia Militar, que fica no bairro Ibes, também em Vila Velha e que, por isso, teria a delegacia em suas mãos.

Também conforme o registro da polícia, as agressões começaram ainda na festa. O homem teria começado a puxar agressivamente o cabelo da vítima e dado socos nela por conta de ciúmes. Eles teriam ido para a casa da vítima logo depois, onde as agressões continuaram, com socos e chutes na boca.

A vítima informou aos policiais que conseguiu fugir para a rua, enquanto o agressor voltou para a festa onde estavam antes. A Polícia Militar foi acionada e foi até a festa. De acordo com o registro da ocorrência, o homem estava sendo hostil com os militares, questionando o motivo deles no local e disse que, durante a briga com a mulher, os dois teriam se agredido. 

Neste momento, ele começou tentar chantagear e também ameaçar, não só os policiais, mas também a mulher agredida. A PM informou que ele também gritava para outras pessoas o retirarem da viatura, o que fez com que alguns presentes na festa tentassem atrapalhar o trabalho da polícia. O homem foi encaminhado para a Delegacia do Plantão Especializado da Mulher (PEM).

SEIS CASOS DE VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER EM 24 HORAS

Ao todo, entre o início da manhã de domingo (17) e esta segunda-feira (18), foram registrados seis casos de violência contra a mulher na Grande Vitória. Em todos os casos, conforme relatado nas ocorrências registradas pela Polícia Militar, trata-se de violência doméstica. Os casos aconteceram em:

  • Cobilândia, Vila Velha, às 1h30 de domingo (17)
  • Nova Rosa da Penha, Cariacica, às 5h10 de domingo (17)
  • Redenção, Vitória, às 18h de domingo (17)
  • Jockey de Itaparica, às 19h50 de domingo (17)
  • Marcílio de Noronha, Viana, às 19h de domingo (17)
  • Ataíde, Vila Velha, às 1h30 de segunda-feira (18) 

Todas as ocorrências foram atendidas pela Polícia Militar e encaminhadas ao Plantão Especializado da Mulher (PEM), em Vitória.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.